Fernando Gomes quer mais títulos internacionais no próximo mandato

Quando nos encontramos a meros dias das eleições para a presidência à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) – realizam-se na próxima sexta-feira -, Fernando Gomes revelou as medidas de campanha para caso seja eleito para um novo mandato.

Numas eleições onde será o único candidato à presidência, Fernando Gomes – presidente da FPF desde 2012 – apresentou este sábado as 120 medidas que pretende executar no mandato 2020-24 caso seja reeleito.

Num documento à qual a agência Lusa teve acesso, destaca-se, em primeiro lugar, o facto de Fernando Gomes ter prometido um novo título internacional com o futebol masculino neste novo mandato. Isto depois de no anterior mandato Portugal já ter vencido o EURO 2016, a Liga das Nações e ainda um Campeonato Europeu Sub-17.

O atual presidente da FPF não descurou, no entanto, as outras modalidades que estão sob a sua tutela, que assumiu a vontade de chegar à liderança dos ‘rankings’ de futsal, masculino e feminino, e alcançar uma fase final de futebol feminino. Além disso, Fernando Gomes pretende enviar candidaturas à UEFA e à FIFA para a organização de eventos desportivos e qualificar a seleção feminina para uma fase final de um torneio UEFA ou FIFA.

Já para a próxima temporada, o atual líder e candidato à presidência da Federação pretende estar mais atento ao nível dos clubes e assim criar programas de apoio de acordo com a disponibilidade financeira, bem como continuar a reestruturação de quadros competitivos, por exemplo, através da criação de uma Terceira Liga do futebol masculino, como já era conhecido.

Este é um tempo em que teremos de garantir a estabilidade estrutural da nossa própria casa“, acrescenta Fernando Gomes, no tal documento acima referido. O mesmo afirma ainda que, caso seja reeleito, dividirá o seu primeiro ano de mandato em três partes distintas: a manutenção das atividades da FPF; o combate à covid-19 no futebol e a preparação das medidas pensadas antes da pandemia. O objetivo passa por poder executar as medidas relativas a cada uma destas partes nos restantes três anos.

Em jeito de conclusão, Fernando Gomes frisou que no próximo mandato pretende alcançar os 300 mil federados – eram 220 mil em março passado -, dos quais um mínimo de 10% sejam femininas – em fevereiro eram 11 mil. A criação do programa ‘FPF na Escola’ – que pretende promover o contacto dos alunos do ensino básico, juntamente com os clubes locais e ex-internacionais portugueses, com a modalidade – é também um objetivo.

O atual líder federativo candidata-se assim àquele que poderá ser o seu terceiro mandato à frente da FPF, com Humberto Coelho, João Vieira Pinto, Pedro Pauleta, José Couceiro, Pedro Dias, Mónica Jorge e Rui Manhoso na direção, num elenco que vai contar ainda com o antigo avançado Hélder Postiga e José Alberto da Costa Ferreira, atual presidente da associação de Viseu.

As eleições estão marcadas para a próxima sexta-feira, dia 10 de julho. O ato eleitoral irá decorrer na sede da FPF, na Cidade do Futebol, em Oeiras, entre as 15h e as 17h. A posse dos novos órgãos sociais será realizadas pelas 18h.

 

Fonte da Imagem: Twitter Zerozero

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.