Cinco substituições deverão continuar na próxima temporada

Esta temporada tivemos várias novidades nas regras do futebol devido à pandemia de covid-19 que está a assolar o mundo. Uma delas foi o aumento do número de substituições possíveis de fazer num jogo, que passou de três para cinco.

Apesar de não ser uma medida consensual entre os vários intervenientes desportivos, a imprensa internacional avança que esta deverá mesmo ser prolongada para a próxima temporada 2020/21.

Segundo escreve esta quarta-feira o portal norte-americano The Athletic, o International Football Association Board (IFAB) – organismo responsável pela criação e gestão das regras utilizadas no futebol – irá anunciar nos próximos dias que a regras do máximo de cinco substituições por jogo será prolongada para a próxima temporada.

Esta foi uma medida que foi promovida para a reta final da presente temporada aquando da decisão dos campeonatos serem retomados, por forma a fazer face ao elevado congestionamento dos campeonatos – visto que alguns chegaram a estar parados três meses.

Na altura, foi dada autorização a cada liga de decidir se queria ou não implementar esta medida, que não foi nada consensual. Na Premier League, por exemplo, clubes como o Aston Villa, Bournemouth, Sheffield United e West Ham votaram mesmo contra a proposta.

Nos últimos tempos também têm surgido algumas críticas à medida por parte de alguns intervenientes, que apontam que apontam que a mesma pode ajudar a que seja feito anti-jogo por parte de alguns clubes em certas situações.

 

Fonte da Imagem: Twitter BBC Sport

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.