A história das estrelas do mês da Premier League

Recentemente, Nuno Espírito Santo e Bruno Fernandes conquistaram o prémio de melhor treinador e jogador respetivamente, do mês na Premier League. Pela primeira vez, ambos os prémios foram conquistados por portugueses, um dos vários dados históricos relativos a estes prémios mensais do campeonato inglês.

Desde a existência da Premier League, Jurgen Klinsmann foi o primeiro jogador a vencer o prémio de melhor jogador do mês, relativamente a Agosto de 1994.

Vários atletas conquistaram este prémio individual, contudo alguns acumulam registos particularmente impressionantes e recordes que cabe às estrelas do futuro tentar bater.

Fonte da Imagem: Twitter TeamCRonaldo

Começando pelo vencedor recente Bruno Fernandes, este igualou um recorde de Cristiano Ronaldo ao ser o segundo jogador português a conquistar o prémio em dois meses consecutivos e o primeiro do Manchester United a fazê-lo desde a proeza do craque em 2006.

Apenas três portugueses conseguiram conquistar este prémio, para além dos dois já referidos, Deco conquistou-o em 2008 ao serviço do Chelsea, no mês de Agosto.

O recordista total deste prémio é Sergio Agüero, sete vezes premiado como melhor do mês, seguido por Steven Gerrard e Harry Kane com seis conquistas, Robin van Persie e Wayne Rooney com cinco e Cristiano Ronaldo, Dennis Bergkamp Thierry Henry, Frank Lampard, Paul Scholes, Alan Shearer e Jamie Vardy com quatro.

Imagem
Fonte da imagem: @betway – twitter

Na época 17/18, Mohammed Salah bateu o recorde de mais conquistas do prémio numa só temporada, sendo nomeado jogador do mês três vezes durante a competição, acabando por ser consagrado como o jogador da temporada.

Robbie Fowler, ex-avançado inglês e uma lenda do Liverpool, foi o primeiro de sempre a vencer este prémio em meses consecutivos, em dezembro e janeiro da época 95/96.

Nenhum jogador conseguiu vencer o prémio durante três meses consecutivos, porém Bruno Fernandes continua a jogar a um nível altíssimo e poderá ser o primeiro de sempre a fazê-lo caso conquiste o prémio do melhor jogador do mês de julho.

 

Fonte da imagem: Twitter Premier League

José Horta

Não nasci a gostar de futebol, mas quando comecei nunca mais quis outra coisa. Algarvio de nascença mas adepto do futebol para além daquele que se joga na praia. Sempre atento aos contornos e novidades do "Desporto Rei", "Beautiful Game" ou lhe quiserem chamar. Aluno universitário de Ciências da Comunicação na FCSH.