Lista para o Golden Boy atualizada: saem dois jovens do FC Porto e entram….dois do FC Porto

O prestigiado diário desportivo italiano atualizou esta quinta-feira a lista para o prémio Golden Boy – prémio anual organizado pelo jornal que nomeia o melhor atleta sub-21 do ano. Nesta atualização, a lista foi reduzida de 100 para 80 jovens e o destaque vai mesmo para a troca entre atletas do FC Porto.

Como já é habitual neste prémio, a lista de candidatos irá ser reduzida gradualmente até outubro, altura em que serão conhecidos os 20 candidatos finais a suceder a João Félix, vencedor do Golden Boy 2019.

Esta quinta-feira o diário Tuttosport anunciou a primeira redução, de 100 para 80 jogadores, mas a atualização da lista não foi tão simples quanto tirar 20 nomes. Passamos a explicar.

Nas primeiras atualizações levadas a cabo pelo famoso diário desportivo transalpino, costumam existir algumas atualizações na lista, com a entrada e a saída de atletas, além das já conhecidas reduções. Neste caso, entraram um total de 14 atletas novos na lista e saíram 34 dos que faziam parte da lista inicial, “com base nos movimentos de mercado dos clubes europeu e em jogadores que começaram a brilhar esta temporada”.

Ora, entre essas movimentações estão alguns jogadores portugueses, nomeadamente do FC Porto. Assim sendo, entre os jogadores que deixaram de fazer parte dos candidatos a ganhar este prémio de melhor jogador sub-21 do ano estão Romário Baró e Tiago Lopes.

Contudo, apesar dos dragões terem perdido dois atletas nesta lista, ganharam outros dois: Vítor Ferreira e Tomás Esteves. Esta nova dupla faz assim parte da atual lista de 80 candidatos ao prémio, juntando-se aos outros portugueses ainda em prémio, o seu colega de equipa Fábio Silva, Eduardo Quaresma (Sporting), Tomás Tavares (Benfica), Gonçalo Ramos (Benfica), Rafael Camacho (Sporting), Tiago Djaló (Lille) e Pedro Neto (Wolverhampton). No total, são assim nove jovens portugueses que podem ainda suceder a João Félix na vitória do Golden Boy e juntar-se a uma prestigiada lista que conta também com Renato Sanches.

A luta não será, no entanto, fácil, uma vez que entre os vários candidatos a este prémio do diário italiano constam vários nomes de já grande peso do futebol europeu, como é o caso de Jadon Sancho (Borussia Dortmund), Sandro Tonali (Brescia), Vinicius Junior (Real Madrid), Mason Greenwood (Manchester United), Ferran Torres (Valência), Ansu Fati (Barcelona), Rodrygo (Real Madrid) e Erling Haaland (Borussia Dortmund).

Português no pódio da última atualização

Além desta mexida na lista e destas mudanças no lote de portugueses candidatos, há ainda destacado para o facto de um desses portugueses ter ficado no pódio da primeira versão da votação: Eduardo Quaresma.

O jovem defesa-central do Sporting ficou em segundo lugar na primeira votação, arrecadando mais de seis mil votos e ficando apenas atrás de Alejandro Marqués, espanhol da Juventus.

Apesar desta grande performance, a votação volta agora a zeros, mas qualquer pessoa poderá ir ao site oficial do Tuttosport votar. Em outubro, serão anunciados os 20 candidatos finais e aí será um painel de jornalistas a decidir quem será o vencedor da edição de 2020 do Golden Boy.

 

Fonte da Imagem: Twitter oficial Tomás Esteves

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.