Gonçalo Ramos e a sua estreia histórica: “É o concretizar de um sonho!”

A goleada desta terça-feira do Benfica por 4-0 frente ao Desportivo das AVes ficou marcada pelos incidentes todos que rodearam o jogo, principalmente do lado da equipa da casa, mas também pela estreia histórica de Gonçalo Ramos, que marcou dois golos em menos de 10 minutos em campo.

Extremamente feliz e orgulhoso pela estreia com o manto sagrado e uma grande vitória, é o concretizar de um sonho! Feliz também por contribuir com dois golos“, assinalou o jovem avançado nas suas redes sociais, que foi sendo felicitado por vários colegas seus da equipa principal encarnada, como Rúben Dias e Carlos Vinícius, e das restantes equipas que já representou esta época – equipa B, sub-23 e juniores.

A sua estreia deixou mesmo marcas históricas nas águias. Isto porque há 22 anos que nenhum jogador do Benfica se estreava com dois golos marcados. O último tinha sido o inglês Mark Pembridge, em 1998, ainda antes de Gonçalo Ramos ter sequer nascido.

Esta dupla não está sozinha nesta lista, que conta ainda com os nomes de Paulo Nunes (1997), Félix Guerreiro (1964) e Serafim (1963), mas estes últimos três têm a peculiaridade de não o ter feito enquanto suplente utilizado, mas sim começando a partida no 11 inicial.

Com este bis, Gonçalo Ramos fez o seu 11º golo da temporada, que, curiosamente, os espalhou por quatro escalões e cinco competições distintas, ao serviço das equipas A, B, sub-23 e juniores do Benfica.

Um talento, que também pode jogar a médio-ofensivo e conhecido por ser o possível ‘9.5’ das águias, para mostrar ao novo técnico dos encarnados, Jorge Jesus.

 

Fonte da Imagem: Twitter oficial Sport Lisboa e Benfica

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.