Shakhtar de Luís Castro avança para os quartos de final

Numa das duas partidas que marcaram o regresso da Liga Europa, o Shakhtar Donetsk recebeu e venceu o Wolfsburgo por 3-0, consumando o seu apuramento para os quartos de final da Liga Europa com o resultado agregado de 5-1.

A formação ucraniana manteve o domínio durante a maior parte do jogo, controlando a bola e criando jogadas de perigo pela circulação rápida no último terço da oposição. Os tecnicistas da frente ameaçavam o golo, que tardava em chegar.

No segundo tempo, os alemães procuraram equilibrar o jogo, conseguindo apenas reduzir a diferença moderadamente, mas criando perigo suficiente para provocar a expulsão de Davit Khocholava ao minuto 67, por destruição de uma ocasião clara de golo. A decisão chegou após revisão do VAR num lance que originalmente daria penalti para os alemães (acabou por ser um livre direto apenas).

Três minutos depois, ficaram ambas as equipas equilibradas numericamente, com a expulsão de John Brooks, por segundo amarelo, fragilizando imenso as hipóteses da sua equipa dar a volta à eliminatória.

O Shakthar foi recompensado pela sua paciência, marcando três golos em cinco minutos, nos momentos finais da partida. Primeiro Junior Moraes, assisstido por Dodô, seguido do israelita Manor Solomon assistido por Konoplyanka e, finalmente, o bis de Junior Moraes.

Assim, Luís Castro e os seus homens entram no lote das últimas oito equipas em prova, aguardando  para saber o seu oponente – Eintracht Frankfurt ou Basileia (os suíços contam com uma vantagem de 3-0 na primeira mão).

Foto: Uefa.com

José Horta

Não nasci a gostar de futebol, mas quando comecei nunca mais quis outra coisa. Algarvio de nascença mas adepto do futebol para além daquele que se joga na praia. Sempre atento aos contornos e novidades do "Desporto Rei", "Beautifull Game" ou lhe quiserem chamar. Aluno universitário de Ciências da Comunicação na FCSH.