Premier League regressa às três substituições em 2020/21

A Premier League anunciou esta quinta-feira que na próxima temporada, 2020/21, irá regressar à regra de um máximo de três substituições por jogo, rejeitando assim a medida das cinco substituições, implementada para fazer face à longa paragem causada pela pandemia.

Naquela que foi a Reunião Geral Anual do principal escalão do futebol inglês, ficou decidido que os 20 emblemas que estarão na Premier League não pretendem continuar com a regra de um máximo de cinco substituições por jogo.

A medida não recebeu o mínimo de 14 dos 20 votos necessários para que continuasse a ser utilizada, voltando-se assim às três substituições por partida. De acordo com a BBC Sport, a maioria dos clubes da Premier League acredita  que esta situação excecional estava a beneficiar os principais clubes, umas vez que possuíam plantéis mais extensos em termos de qualidade.

Além disso, as equipa voltarão a ter apenas sete substitutos nos seus bancos de suplentes durante os encontros, ao invés dos nove que se registou após o retomar da competição.

Nesta mesma reunião foi ainda votado unanimemente em manter a implementação do VAR e das suas regras em 2020/21.

O número de substituições e de jogadores presentes nos bancos de suplentes tinha sido aumentado provisoriamente pela FIFA para o encerramento da temporada, por forma a proteger a condição física dos jogadores, que haviam estado um longo período de tempo sem competir.

Para a temporada 2020/21, o organismo que rege o futebol internacional havia dado a cada federação a possibilidade de continuar com esta medida, mas os clubes ingleses acabaram por optar por regressar ao modelo utilizado antes da pandemia.

 

Fonte da Imagem: Twitter oficial Premier League

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.