Roma de Paulo Fonseca vendida por 591 milhões de euros

“Em Roma, sê romano”. Palavras levadas que se adequam ao grupo The Friedkin, que adquiriu esta quarta-feira o principal clube da capital de Itália.

A transação foi de 591 milhões de euros por 86,6% do capital social da AS Roma SPV. Essa mesma transação está prevista para fechar no final deste mês.

Após o anúncio à CONSOB (Commissione Nazionale per le Società e la Borsa) – entidade reguladora dos valores mobiliários de Itália -, Jim Pallotta, Presidente da AS Roma, falou sobre o negócio:

“Tenho o prazer de confirmar que chegamos a um acordo com o The Friedkin Group para a venda da AS Roma. Assinamos os contratos esta noite e, nos próximos dias, trabalharemos juntos para concluir o processo formal e legal que resultará na mudança de mãos do clube. No último mês, Dan e Ryan Friedkin demonstraram seu compromisso total em finalizar este acordo e levar o clube adiante de uma forma positiva. Tenho a certeza de que serão grandes futuros proprietários da AS Roma”.

Já Dan Friedkin, Presidente e CEO do The Friedkin Group, mostrou-se feliz. “Todos nós no The Friedkin Group estamos muito felizes por ter tomado medidas para nos tornarmos parte desta cidade e clube icónico. Estamos ansiosos para fechar a compra o mais rápido possível e mergulhar na família AS Roma”, afirmou o americano.

Vários desenvolvimentos prevêem-se nas próximas semanas, principalmente no investimento da equipa de futebol sénior masculino, que é orientada pelo português Paulo Fonseca.

 

Fonte da Imagem: Twitter oficial A.S. Roma

João Estanislau

Jornalista no site leonino.pt, sou licenciado em Comunicação Empresarial pelo ISCEM, tenho uma pós-graduação em Gestão e Marketing do Desporto pelo INDEG-ISCTE e encontro-me a frequentar outra em Director Técnico Desportivo para a Universidade Europeia. Sempre ligado ao futebol e à comunicação, pretendo partilhar contigo a minha visão do desporto rei. Fica atento!