OFICIAL: Nuno Santos é o novo reforço do Sporting, Dala e Geraldes rumam a Vila do Conde

O Sporting CP oficializou esta sexta-feira a contratação a título definitivo do extremo português Nuno Santos, proveniente do Rio Ave. Gelson Dala e Francisco Geraldes seguem o caminho contrário rumo a Vila do Conde.

Os leões avançaram ainda que o avançado português de 25 anos assinou um contrato válido para as próximas cinco temporadas, ficando com uma cláusula de rescisão fixada nos 60 milhões de euros.

A quantia monetária despendida pela turma de Alvalade não foi ainda revelada, mas, segundo avançou a imprensa nacional nos últimos dias, a operação terá rondado os três milhões de euros. A essa quantia o Sporting juntou ainda os passes, a título definitivo, dos jogadores Gelson Dala e Francisco Geraldes.

Nas suas primeiras declarações de leão ao peito, Nuno Santos não escondeu a satisfação por esta mudança e prometeu “dedicação e trabalho” aos meios oficiais leoninos.

Tenho um orgulho enorme em representar o Sporting CP. A vontade foi minha. Venho para aqui para ser mais um Leão a ajudar e para orgulhar a família Sportinguista. (…) Desde o início que queria vir para o Sporting CP. Vou ajudar o Clube e a equipa a ganhar todos os jogos“, começou por dizer o extremo.

Posso prometer dedicação e trabalho. Quero orgulhar muito os adeptos porque a decisão de vir para aqui foi minha e espero que os Sportinguistas percebam que vou dar tudo pelo Sporting“, acrescentou.

Nas suas redes sociais, a turma verde e branca despediu-se ainda de Gelson Dala e Francisco Geraldes, agradecendo “por todo o esforço e dedicação” e desejando boa sorte nesta nova etapa para os dois atletas.

Nuno Santos é assim o sexto reforço confirmado de Rúben Amorim para a próxima época, depois do Sporting já ter confirmado também Antonio Adán, Feddal, Pedro Porro (por empréstimo), Antunes e Pedro Gonçalves.

 

Fonte da Imagem: Site oficial Sporting CP

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.