Portsmouth: A queda de um gigante

O Portsmouth Football Club, popularmente conhecido como Pompey, é um clube fundado em 1898 na cidade de Portsmouth, em Inglaterra. Sendo um clube de extrema tradição no Reino Unido e no resto da Europa, foi com grande tristeza que as pessoas (principalmente os adeptos do clube) viram o Portsmouth a passar de gloriosos jogos europeus contra o AC Milan em 2008 para uma despromoção para a EFL League Two em 2013.

A verdade é que o clube, principalmente a partir de 2010, começou a acumular uma dívida insustentável, o que levou a consecutivas despromoções. A incompetência dos donos do clube foi-se evidenciando cada vez mais e o descontentamento dos adeptos foi fomentado por isso mesmo, levando à criação de um grupo de pessoas afetas ao Portsmouth: o Pompey Supporters Trust. O grupo visava defender os interesses do clube e comprá-lo. E assim o fez, em 2013.

Foi ditada uma nova era no Pompey, que passou a ser um clube liderado pelos próprios adeptos. Seguiram-se campanhas mais positivas e o clube vive, hoje em dia, um período de alguma estabilidade financeira, embora continue significativamente longe da elite do futebol inglês. Em 16/17, o Portsmouth conseguiu subir à terceira divisão inglesa, e lá permanece até hoje, fruto de diversos playoffs perdidos.

Ver um clube que tem dois títulos de campeão inglês, dois títulos da FA Cup, alguma tradição em competições europeias e adeptos completamente fanáticos na terceira divisão não parece certo. Tais adeptos merecem nem mais nem menos do que a Premier League, e a primeira divisão vai ser sempre o sítio onde o Portsmouth merece estar. E embora a maioria dos portugueses só conhecerem o Portsmouth por ter sido o clube a sofrer aquele livre fantástico de Cristiano Ronaldo em 2008, quando este ainda estava ao serviço do Manchester United, é facilmente reconhecida a dimensão deste magnífico clube da costa sul inglesa.

Desde que comecei a ver futebol que me lembro do Portsmouth na primeira divisão inglesa e é bastante estranho ver o clube em escalões inferiores. O Pompey passou por muito e a história do clube nos últimos dez anos emociona qualquer apaixonado por futebol. É uma história de amor entre adepto e clube, uma história de superação e de recuperação. Espero, assim, ver o Portsmouth no topo de Inglaterra outra vez e serei só mais um simpatizante a torcer pela total reconstrução do clube. Até lá, o lema é só um, e ecoa nas bancadas do Fratton Park em todos os jogos: “Play up, Pompey!”.

 

Fonte da imagem: Twitter oficial do Portsmouth FC