Reviravolta das águias na Luz com expulsão e golo no fim

O Benfica recebeu e venceu o SP Braga em novo jogo-treino, no final da tarde de quarta-feira, num jogo marcado pelo regresso de Gaitán ao estádio da Luz, expulsão de Taarabt e o bis de Vinícius.

Os encarnados alinharam com: Vlachodimos, Gilberto, André Almeida, Ferro, Nuno Tavares, Weigl, Taarabt, Everton, Rafa, Pizzi e Vinícius.

Carlos Carvalhal lançou: Matheus, Ricardo Esgaio, Bruno Viana, David Carmo, Raúl Silva, Murilo, André Castro, André Horta, Ricardo Horta, Fransérgio e Paulinho.

A entrada forte do Benfica foi anulada com o passar da primeira parte e invertida pelo crescimento do Braga que se adiantandou ao minuto 31, golo de Paulinho assistido por André Horta.

No segundo tempo, a insistência de Vinícius valeu ao Benfica o golo do empate, assistido por Pizzi ao minuto 56.

Lance inesperado para um amigável, Adel Taarabt é expulso via segundo amarelo ao minuto 69 após uma entrada ríspida no adversário e uma discussão com Gaitán, que viu amarelo também.

Gradualmente a partida perdeu ritmo por fadiga, mais do lado da equipa da casa, e pelas mudanças nos onzes. Ficou definido o resultado final quando Carlos Vinícius aproveitou um lance no penúltimo minuto da partida, isolando-se e batendo Tiago Sá aos 93 minutos.

Os suplentes utilizados por Jorge Jesus foram: Diogo Gonçalves, Pedrinho, João Ferreira, Gabriel, Franco Cervi e Chiquinho.

Carlos Carvalhal utilizou também: Tiago Sá, Rolando, Nuno Sequeira, João Novais, Al Musrati, Gaitán, Iuri Medeiros, Abel Ruíz, Zé Carlos, Francisco Moura e Samuel Costa.

Fonte da imagem de capa: Twitter @SLBenfica

José Horta

Não nasci a gostar de futebol, mas quando comecei nunca mais quis outra coisa. Algarvio de nascença mas adepto do futebol para além daquele que se joga na praia. Sempre atento aos contornos e novidades do "Desporto Rei", "Beautifull Game" ou lhe quiserem chamar. Aluno universitário de Ciências da Comunicação na FCSH.