Otamendi é alvo do FC Porto

Azuis e brancos pretendem que o defesa argentino de 32 anos regresse à Invicta. 

De acordo com a edição desta quinta-feira do jornal O Jogo, Sérgio Conceição quer mais um central para fazer concorrência a Pepe, Mbemba e Marcano, que continua lesionado. Estes são mesmo os únicos elementos do eixo central da defesa que têm a continuidade no plantel assegurada, dado que Diogo Leite, Diogo Queirós e Osório devem estar de saída.

É neste contexto que entra Nicolas Otamendi. O técnico dos dragões vê com bons olhos o regresso do argentino ao Porto, visto que, para além da sua experiência e qualidade, este está acostumado a alinhar no lado esquerdo das duplas de centrais, onde, na equipa do FC Porto, costuma jogar o ausente Marcano.

Assim sendo, auxiliada por Jorge Mendes, a direção portista já fez uma primeira abordagem ao Manchester City e a hipótese ganhou força. Alegadamente, o atleta não entra nas contas de Pep Guardiola para a próxima temporada, tal como comprovam a contratação de Nathan Aké ao Bournemouth por 45 milhões de euros e o interesse dos cityzens em Koulibaly do Nápoles.

Deste modo, o principal obstáculo não vai ser convencer o clube inglês a abrir mão do jogador, mas sim tentar fazer com que este baixe consideravelmente o seu salário, que ronda os sete milhões de euros anuais, valor fora do alcance emblema português. Contudo, a mesma publicação acrescenta que o defesa de 32 anos está disponível para reduzir o seu ordenado para regressar a um clube onde foi feliz.

Otamendi esteve no FC Porto durante três épocas e meia entre 2010 e 2014, somando 125 jogos e conquistando uma Liga Europa, três Ligas Portuguesas, quatro Supertaças e uma Taça de Portugal. Desde então, passou por Atlético Mineiro, Valência e Manchester City, que ainda representa e onde contabilizou 39 partidas na última temporada.

 

Fonte da Imagem: Twitter Nicolas Otamendi 

Simão Vitorino

Nasci e cresci em Vila Franca de Xira e estou atualmente a tirar uma licenciatura em Ciências da Comunicação na faculdade NOVA FCSH com o objetivo de me tornar jornalista desportivo no futuro, profissão que une duas grandes paixões minhas - o futebol e a escrita.