Jorge Jesus e o PAOK: “Para mim a pressão é zero”

Jorge Jesus mostrou-se muito confiante na antevisão ao primeiro jogo oficial da época (o treinador até apelidou-o de “primeira final”), na 3.ª eliminatória de acesso à Liga dos Campeões, frente ao PAOK. O encontro terá lugar na Grécia, esta terça-feira, e determinará a passagem aos play-offs de acesso à fase de grupos da liga milionária.

“Quando estás num clube como o Benfica a pressão é diária, em todos os jogos. As pessoas exigem qualidade e querem que o Benfica vá mais longe na Champions, é algo que todos queremos, mas há várias condicionantes. Quais? Os adversários. Temos de mostrar que somos melhores do que eles e amanhã temos a primeira final. Para mim a pressão é zero, estou habituado a isto. Não só no Benfica, mas dos clubes de onde vim. A pressão não existe para os grandes treinadores, jogadores e equipas”, afirmou categoricamente Jorge Jesus.

Depois de um forte investimento na equipa principal, o experiente técnico mostra-se confiante para enfrentar os gregos do PAOK, orientados por um ex-jogador seu: Abel Ferreira.

“As expectativas são as melhores. Nós, como o PAOK, queremos passar a eliminatória e acreditamos muito no que fazemos durante a semana e nos jogadores a nível individual. Independente de se decidir apenas num jogo, queremos fazer uma excelente partida, que nos permita passar, o nosso grande objetivo”, garante.

O encontro terá início a partir das 19hoo de Portugal continental, em Salónica.

Foto: Twitter GloboEsporte

David Silva

Contar a minha história é falar de futebol. Primeiro, a paixão. Depois, a prática. Em seguida, uma deslocação de 71km entre a Lourinhã e a NOVA/FCSH, onde concluí o curso de Ciências da Comunicação, em 2019. Pelo meio, nove meses de estágio memoráveis no Canal 11, na Cidade do Futebol. E por fim, a paixão. Sempre.