Nélson Semedo, o novo “lobo” da alcateia mais portuguesa de Inglaterra

O Wolverhampton Wanderers oficializou a contratação de Nélson Semedo nesta quarta-feira, via redes sociais. O lateral português assinou por três temporadas, mais duas de opção, fixando em onze o número de portugueses ligados ao clube.

O Barcelona recebeu em troca 30 milhões de euros, mais dez em objetivos, por um atleta que cumpriu 97 jogos ao serviço dos blaugrana. Curiosamente, faltaram três jogos para que os culés devessem mais mais cinco milhões ao Benfica, por via de uma cláusula que obrigava o clube catalão a pagar cinco milhões de euros a cada 50 jogos do lateral-direito.

Aos 26 anos, Semedo irá cumprir o sonho de jogar em Inglaterra. “Escolhi os Wolves porque é uma equipa muito boa e que joga muito bom futebol. Fez uma época muito boa e é uma equipa muito importante em Inglaterra e na Europa. Espero que esta temporada possamos fazer coisas boas. Sou ambicioso, oxalá possamos terminar entre os seis primeiros e fazer algo especial”, afirmou.

Sob orientação de Nuno Espírito Santo e fazendo parceria com o portentoso Adama Traoré, Nélson Semedo deverá ter uma época desafiante. “Podem esperar um lateral-direito moderno, que gosta de atacar. Posso dar ritmo e velocidade à equipa. Gosto de subir no terreno e recuar. Podem esperar muito trabalho e muita ambição. Estou entusiasmado por estar aqui. Venho para uma equipa muito boa. Jogar na Premier League é um sonho. Estou ansioso por começar, conhecer os meus companheiros e treinar.”

David Silva

Contar a minha história é falar de futebol. Primeiro, a paixão. Depois, a prática. Em seguida, uma deslocação de 71km entre a Lourinhã e a NOVA/FCSH, onde concluí o curso de Ciências da Comunicação, em 2019. Pelo meio, nove meses de estágio memoráveis no Canal 11, na Cidade do Futebol. E por fim, a paixão. Sempre.