Frustração portuguesa (de formas diferentes) nos play-offs da Liga Europa

Esta quinta-feira às 20h da noite as duas equipas portuguesas verde e brancas entraram em campo para discutir o acesso à fase de grupos da Liga Europa.

Em Alvalade houve um jogo sem brilho dos leões onde parecia que não haviam táticas, com o desespero a comandar a formação verde e branca durante os 90 minutos. O Sporting não teve argumentos para a exibição madura que a equipa do LASK Linz apresentou e saiu derrotado por quatro bolas a uma, Tiago Tomás marcou para a equipa portuguesa e Trauner, Raguz, Michorl e Gruber marcaram para os austríacos. A apontar está também o cartão vermelho mostrado a Coates.

No Estádio dos Arcos, um Rio Ave modesto conseguiu levar o histórico AC Milan às grandes penalidades através de um empate a dois, mas foi lá que manchou a sua exibição após desperdiçar 3 oportunidades para eliminar a equipa italiana que só precisou de uma oportunidade para afastar os vila condenses do sonho europeu, vencendo a lotaria dos pénaltis por 9-8. Nos 120 minutos marcaram para o Rio Ave Francisco Geraldes e Gelson Dala e para a formação de Milão marcou Saelemaeker e Çalhanoğlu, através de uma grande penalidade ao minuto 120.

Leões e vila-condenses falham o acesso à fase de grupos da Liga Europa, mas uma saída pela porta grande para o Rio Ave, enquanto que o Sporting não pode dizer o mesmo.

Fonte da imagem de capa: Twitter @LASK_Official e @acmilan