Domingo para a história na Premier League: Man. United e Liverpool sofrem goleadas pesadas

Os jogos Manchester United x Tottenham e Aston Villa x Liverpool já seriam, à partida, confrontos interessantes para o habitual adepto da Premier League, mas nada faria prever o festival de golos e o sentido único que se assistiu nas duas partidas. Os red devils foram goleados em casa às mãos do Tottenham por uma bola a seis, enquanto que o Liverpool sofreu uma pesada derrota na casa do Aston Villa, tendo marcado dois golos e sofrido sete.

A primeira surpresa do dia chegou na partida que teve lugar em Old Trafford. No regresso de Mourinho a uma casa bem conhecida, perspetivava-se um confronto equilibrado na teoria, mas desde cedo se percebeu que golos seriam algo que não iria faltar. Uma falta de Davinson Sánchez dentro da grande área levou a que Bruno Fernandes inaugurasse o marcador para os diabos vermelhos quando o relógio ainda marcava o segundo minuto da partida. Ndombelé empatou a partida dois minutos depois e ao minuto sete foi a vez de Son Heung-min consumar a reviravolta no marcador. Pouco depois da passagem da meia hora de jogo (minuto 37) foi a vez de Harry Kane inscrever o seu nome na lista de marcadores, após o United ter perdido Anthony Martial por expulsão. A segunda parte da partida ainda teve tempo para Serge Aurier e Kane, desta vez por grande penalidade, consolidarem os números de uma goleada pesada e histórica, isto porque foi a primeira vez que o Tottenham marcou seis golos numa só partida em Old Trafford.

Imagem
Fonte – Twitter @D_DeGea

Já em Villa Park, o campeão inglês em título foi vítima de uma exibição de gala que tão cedo não sairá da memória dos villans. O 17º classificado da última edição da Premier League começou desde cedo a mostrar para o que vinha. Ollie Watkins, assistido por duas vezes por Jack Grealish, bisou em menos de 20 minutos (4´e 22´). Salah ainda reduziu a desvantagem no marcador ao minuto 33, mas dois minutos depois foi a vez de McGinn fazer o terceiro golo dos homens da casa. Ollie Watkins ainda teve tempo na primeira parte para completar o primeiro hat-trick da carreira ao minuto 39. A segunda parte trouxe o primeiro golo de Ross Barkley com a camisola do Aston Villa ao minuto 55 e, embora Salah estivesse determinado em dar a volta aos acontecimentos, com um tento marcado quando o marcador atingia a hora de jogo, apenas houve festejos para o clube de Birmingham, com Jack Grealish a acertar o golo por duas vezes (66´e 75´).

Imagem
Fonte: Twitter @premierleague

Derrotas pesadas para as turmas de Solskjær e Klopp, em oposição a noites de festejos para as equipas de José Mourinho e Dean Smith. A Premier League nunca desilude em proporcionar surpresas aos adeptos, com o quarto dia de outubro de 2020 a ficar marcado nos livros da história, uma vez que Manchester United e Liverpool nunca tinham sofrido seis ou mais golos no mesmo dia.

Fonte da imagem de capa: Twitter @spurs_PT

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.