Argentina vence Bolívia em La Paz

Não foi uma noite brilhante da seleção argentina no apuramento para o Mundial 2022, mas não se esperava outra coisa quando o assunto é visitar a capital da Bolívia, La Paz. Esta cidade, situa-se a mais de 3500 metros acima do nível do mar, o que dificulta de sobremaneira a tarefa aos adversários que lá vão jogar, sendo sempre uma deslocação extremamente difícil.

O jogo não começou de feição para os argentinos, durante a primeira meia hora andaram perdidos em campo, sem saber o que fazer. A Bolívia aproveitou a incerteza da Argentina, e inaugurou o marcador através de Marcelo Moreno aos 24 minutos de jogo, com um bom cabeceamento. Depois desta meia hora inicial, a seleção da Argentina tomou as rédeas do jogo e começaram a pressionar mais os bolivianos.

Os argentinos começaram a criar perigo aos poucos, até que ao minuto 39, Leandro Paredes faz um remate muito perigoso de fora da área, que embate no poste, após um bom passe de Lionel Messi. O cântaro não foi muitas vezes a fonte, mas a verdade é que a albiceleste chegou ao golo por intermédio de Lautaro Martínez no último minuto da primeira parte, apos um erro grave de José Carrasco, que tentou aliviar a bola e rematou contra as pernas do jogador argentino, tendo entrado depois disso na baliza da Bolívia.

A segunda parte não foi muito melhor, mas a Argentina conseguiu controlar o jogo sem acelerar muito e chegou ao segundo golo ao minuto 78, por intermédio de Joaquín Correa. O ponta de lança Lautaro voltou a ser decisivo com uma assistência, depois de Messi ter feito uma boa jogada e ter descoberto o avançado do Inter de Milão, que só teve de assistir Correa, que fez um bom remate para o fundo da baliza.

Os destaques do jogo vão para Lucas Ocampos e Leandro Paredes na primeira parte, onde foram os melhores, Lautaro Martínez que esteve nos dois golos dos argentinos e Lionel Messi, que apesar de não ter feito uma boa primeira parte, na segunda apresentou-se a bom nível. Do lado da Bolívia, bom jogo de Marcelo Moreno, o homem mais perigoso do ataque boliviano.

Fonte da imagem de capa: Twitter @Argentina

Fabio Mikael

Sou um apaixonado pelo desporto rei. Além disso, gosto muito de escrever e faço isso com paixão. Poder aliar às duas coisas, é fantástico, e estamos aqui para fazer crescer este jornal online cada vez mais.