Emoção do início ao fim no derby de Merseyside

A quinta jornada da Premier League foi inaugurada com o sempre interessante derby entre o Everton e o Liverpool. As duas equipas proporcionaram um grande espetáculo de futebol no decorrer dos noventa minutos, com a partida a terminar com um empate a duas bolas.

O confronto, que teve lugar em Goodison Park, tinha todas as ferramentas necessárias para um grande jogo de futebol, expetativas que foram completamente cumpridas por ambas as equipas. A partida começou num ritmo frenético, com Sadio Mané a inaugurar o marcador para os reds logo aos três minutos de jogo, após cruzamento de Andy Robertson. A equipa de André Gomes, que começou a titular, respondeu pouco depois por intermédio de Keane, no seguimento de um canto. Nota para a lesão de Virgil van Dijk, após sofrer uma falta não-assinalada na grande área do Everton, que levou à sua substituição aos seis minutos, com Joe Gomez a entrar para o seu lugar.

Fonte da imagem: Twitter @LFC

Após o intervalo, as equipas de Ancelotti e Klopp procuraram incessantemente a vantagem na partida, essa que veio ao minuto 72′, com Salah a protagonizar o seu centésimo golo da carreira ao serviço do Liverpool. Numa altura em que André Gomes já não se encontrava em campo, após ser substituído por Sigurdsson, foi Calvert- Lewin quem impediu a derrota do Everton, com o avançado a cabecear com sucesso uma bola centrada por Lucas Digne.

Fonte da imagem: Twitter @CalvertLewin14

Mesmo após o empate, a emoção estaria longe de chegar ao fim. Diogo Jota, que entrou aos 78 minutos, foi figura de destaque num lance que quase entregou a vitória à sua equipa, mas ao qual Mané não deu o melhor seguimento. Os últimos minutos da partida foram de prender os olhos ao ecrã, com Richarlison a ser expulso após uma entrada arrepiante sobre Thiago Alcântara e com Henderson a colocar a bola dentro das redes dos homens da casa, num lance que viria ser a anulado pelo VAR devido a um fora-de-jogo assinalado a Sadio Mané.

Após este resultado, o Everton já sabe que passará mais uma jornada no topo da Premier League, com 13 pontos acumulados, continuando a equipa sem registar qualquer derrota esta época. No segundo lugar estará precisamente o seu adversário de hoje, o Liverpool, que soma menos três pontos que a turma de Carlo Ancelotti.

Fonte da imagem de capa: Twitter @LFC

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.