Griezmann em rota de colisão com Ronald Koeman

A paragem dos clubes para os compromissos das seleções na Liga das Nações trouxe discussões para os lados de Barcelona. Antoine Griezmann jogou numa posição mais central do ataque na partida da França frente à Croácia e foi alvo de muitos elogios, com o avançado a afirmar no fim do jogo que essa seria a sua posição ideal. Declarações que não caíram bem a Ronald Koeman, treinador do Barcelona.

O técnico dos culés, por meio de uma conferência de imprensa, afirmou que decidir qual é a melhor posição dos jogadores é a sua função e que Griezmann apenas se deveria preocupar em dar o melhor pelo clube: “Cada um tem direito a dizer o que quer. Falámos da sua posição e do seu rendimento. Procuro o melhor para a equipa e para tirar o máximo dele. Acho que é bom que parta da direita. Também pode jogar a 10 ou 9, mas quem decide sou eu e ele deve dar o máximo. Não ponho ninguém numa posição que não seja a sua. Se existe outra que gosta mais, bom para ele. Não podemos jogar com 10 jogadores na posição de 10”, declarou, acrescentando que não tem problema nenhum com o jogador francês.

Antoine Griezmann conta com três partidas disputadas esta época pelo Barcelona, sem qualquer golo apontado. O clube tem encontro marcado no terreno do Getafe no sábado, antes de partir para a Hungria na terça-feira para defrontar o Ferencváros no primeiro encontro da equipa de Trincão na fase de grupos da Champions League.

Fonte da imagem de capa: Twitter @RonaldKoeman

 

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.