Manchester City vs Arsenal: mínimos olímpicos na perseguição à liderança

Depois de dois jogos consecutivos sem vencer, o Manchester City recebeu e venceu o Arsenal por 1-0, num encontro de baixa intensidade e com reduzidas oportunidades de golo.

Bernardo Silva, Rubén Dias e João Cancelo foram titulares nos “citizens”, que dominaram a partida durante a primeira meia-hora.

Posse de bola quase exclusiva da equipa de Manchester, sem permitir a saída com bola por parte dos visitantes. O Arsenal teve dificuldades em  pressionar o meio-campo do vice-campeão inglês, estando exposto à criatividade de Mahrez, Agüero e Sterling.

Aliás, foi o internacional inglês que colocou a equipa de Guardiola em vantagem aos 23 minutos. Jogada rápida pelo centro do terreno, remate para a defesa de Leno e na recarga Sterling a fazer o gosto ao pé.

Justiça no resultado até então, mas o Arsenal acabaria por se libertar da armadilha adversária.

Nos últimos 15 minutos do primeiro tempo, os “gunners” estiveram perto em algumas ocasiões de restaurar a igualdade, tendo em Saka e Aubameyang os elementos de maior propensão ofensiva.

À entrada para o intervalo, parecia que os londrinos tinham arranjado a solução para superar as investidas opositoras e, por isso, entraram na sugunda parte em busca do resultado.

Os comandados passaram a ter mais bola, no entanto, faltou criatividade no último terço do terreno a uma equipa que aparentava ter receio em arriscar mais.

Perante este cenário, o City limitou-se a jogar na expectativa, procurando o erro adversário para recuperar a bola e congelar o jogo.

Até final, não se registou grandes ocasiões claras de golo de parte a parte, mesmo após Mikel Arteta apostar nas entradas de Partey, Nketiah e Lacazette para encontar o caminho do golo.

Com esta vitória, o Manchester City e a sua armada lusa aproximam-se do top 5 da Premier League. Já o Arsenal, com Cédric a suplente não utilizado, permanece no sexto lugar da classificação, isto apesar de somar a segunda derota consecutiva.

Fonte da imagem: Manchester City Twitter/@ManCity