Triunfo suado com adeptos nas bancadas do Dragão

O FC Porto bateu o Olympiakos por 2-0, na segunda jornada da Liga dos Campeões.

Primeiros pontos para a equipa de Sérgio Conceição no grupo C, após a derrota em Manchester, a equipa azul e branca bateu os gregos comandados por Pedro Martins. Destaque para o regresso dos adeptos às bancadas do Estádio do Dragão.

Entrada pressionante do FC Porto, que conseguiu adiantar-se no marcador graças a um erro de Bouchalakis, bola solta na área que após cruzamento sobra para Fábio Vieira, estreia a marcar do jovem formado pelos dragões, ao minuto 11.

Partida disputada a partir daí com chances de perigo para ambas as partes, destaque para o chapéu de Valbuena, cortado de forma providencial por Mbemba, o momento de maior perigo na partida para o Olympiakos.

José Sá e Marchesín foram chamados ao jogo várias vezes, contudo o FC Porto conseguiu ser mais eficaz na fase final da partida, boa jogada de Nakajima, suplente utilizado, que entrega em Marega para um cruzamento certeiro do maliano à cabeça de Sérgio Oliveira. Golo que encerrou a partida, ao minuto 85.

Desta forma, o FC Porto sobe para o segundo lugar do grupo C, em igualdade pontual com o Olympiakos, mas com vantagem pela diferença de golos e confronto direto. Na liderança do grupo, segue o Manchester City, que soma duas vitórias após bater o Marselha por 0-3.

Nota para Pepe, aos 37 anos, o central veteraníssimo português completou a sua 100ª partida na liga milionária, com uma vitória para comemorar o número redondo.

Fonte da imagem de capa: Twitter @FCPorto

José Horta

Não nasci a gostar de futebol, mas quando comecei nunca mais quis outra coisa. Algarvio de nascença mas adepto do futebol para além daquele que se joga na praia. Sempre atento aos contornos e novidades do "Desporto Rei", "Beautiful Game" ou lhe quiserem chamar. Aluno universitário de Ciências da Comunicação na FCSH.