Holanda e Espanha empatam a uma bola

Holanda e Espanha empataram num jogo particular realizado esta quarta-feira. O jogo foi disputado em Amesterdão no estádio Johan Cruijff Arena. Sergio Canales e Van de Beek foram os protagonistas dos golos.

A equipa espanhola apresentou-se frente à Holanda com um onze que sofreu bastantes mudanças, com a estreia de Unai Simón na baliza e com o regresso de Bellerín à defesa, a equipa espanhola esteve sempre por cima do jogo na primeira parte. Esta chegou ao golo inaugural de forma bastante natural, decorria o minuto 18 quando Canales se estreou a marcar, após um bom passe de Morata.

Na primeira parte, os treinadores do Manchester City e Valência receberam más notícias, Nathan Aké e Gayá saíram lesionados. Salientando também um bom final de primeira parte da equipa holandesa, contudo sem ameaças claras de golo à baliza de Simón.

No arranque da segunda parte, os holandeses fizeram quatro substituições, colocando Dumfries, Stefan de Vrij, Davy Klaassen e Calvin Stengs.

Com as substituições proporcionadas por Frank de Boer, os holandeses conquistaram a igualdade no marcador com Van de Beek a surgir na grande área depois de Iñigo Martínez e Reguilõn não conseguirem alcançar o esférico.

Após a igualdade no marcador, Luis Enrique lançou Dani Olmo, Ferrán Torres e Adama Traoré, estreando mais tarde Marcos Llorente, mas nesta fase do jogo, foi a equipa da casa que criou mais perigo e obteve mais ocasiões de golo. Ainda a assinalar uma grande defesa de Unai Simón após remate de Luuk de Jong.

A Holanda irá jogar contra a Bósnia e a Polónia, e a Espanha irá defrontar a Suíça e a Alemanha, relembrando que todos estes jogos iram ser realizados a contar para a Liga das Nações.

 

Créditos imagem de capa: @getty/andsports

 

João Simões

Desde pequeno que sempre me incutiram um grande amor e gosto pelo “Desporto Rei”. Comecei a dar uns toques em pequeno mas agora dedico-me arduamente a seguir e a acompanhar o futebol, com um olho na bola e o outro no papel, acabei por me licenciar em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior e atualmente estou no Mestrado de Jornalismo. Que este amor pelo FUTEBOL nunca morra.