O verdadeiro Estrela da Amadora está de volta

O Clube Futebol Estrela da Amadora foi criado no dia 22 de janeiro de 1932 por jovens amadorenses apaixonados por futebol. O clube viria a tornar-se num reconhecido clube a nível nacional, com presença assídua na primeira divisão e com campanhas bastante boas nas taças. O auge do clube foi a conquista de Taça de Portugal, em 1989/1990.

O Estrela da Amadora viveu momentos gloriosos na sua rica história e sempre lhe foi reconhecida a sua grandeza e influência. É por isso que quando o clube enfrentou uma grave crise entre 2008 e 2011 houve uma enorme preocupação face ao futuro do histórico da Reboleira. O desfecho da crise já toda a gente sabe: o Estrela foi declarado extinto em 2011. Foi uma junção de dívidas que ultrapassavam os 10 milhões de euros, salários em atraso e plantéis constituídos por emprestados e jovens da academia, era impossível gerir um clube que estava a bater no fundo.

Os adeptos mais fervorosos do Estrela simplesmente não conseguiram aceitar a extinção do seu clube do coração. Por isso, no mesmo ano da extinção, foi criado o Clube Desportivo Estrela. O novo clube focou-se nos escalões de formação nos primeiros anos de existência, apresentando uma equipa sénior apenas em 2018.

A equipa competia nas distritais e a subida estava bastante complicada. Sem o seu característico símbolo e com o estádio José Gomes num estado de degradação avançado, o novo clube fazia o melhor dentro dos possíveis para voltar a trazer futebol profissional à Reboleira.

Ora, tudo mudou em julho deste ano. André Geraldes apresentou uma proposta de fusão com o Sintra Football, que visava o retorno ao Campeonato de Portugal, à Taça de Portugal e o retorno do verdadeiro emblema do Estrela da Amadora. Natural da Amadora e com experiência como CEO no Farense e diretor e coordenador desportivo no Sporting, André Geraldes pretendia recuperar a identidade do Estrela e levar o clube à ribalta do futebol português. Os sócios votaram e os 92% a favor de André Geraldes dizem tudo. Estava criado o Club Football Estrela da Amadora SAD. O clube iria tomar o lugar do Sintra Football no Campeonato Portugal e iria voltar a competir na Taça.

A SAD presidida por André Geraldes é, assim, mais uma página virada na história do Estrela da Amadora. O entusiamo é grande e as expetativas também. O objetivo é colocar os Tricolores o mais rápido possível na Primeira Liga. É um objetivo difícil e ambicioso, mas o Estrela da Amadora está finalmente no caminho certo e a reerguer-se.

 

Foto de capa: Record