Porto passa primeiro teste na Taça de Portugal frente ao Fabril do Barreiro

O FC Porto deslocou-se ao terreno do Fabril do Barreiro num encontro a contar para a terceira eliminatória da Taça de Portugal, competição na qual os portistas são o atual campeão. Os azuis e brancos venceram o emblema do Campeonato de Portugal por dois a zero, com tentos dos reforços de verão Toni Martínez e Mehdi Taremi.

Sérgio Conceição aproveitou a deslocação ao Barreiro para promover várias alterações no seu onze inicial, dando descanso a alguns dos jogadores mais utilizados até ao momento e que, inclusive, estiveram em ação nos compromissos internacionais pelas suas seleções. Desta forma, Diogo Costa, Carraça (estreou-se com a camisola dos dragões), Loum, Romário Baró, Felipe Anderson e a dupla atacante Toni Martínez e Taremi foram alguns dos nomes que foram a jogo no clube da Invicta.

O Fabril entrou em campo consciente da superioridade do adversário, alinhando com uma defesa composta por cinco jogadores e apostando na organização entre setores para tentar causar uma surpresa dentro de campo. O Porto, como seria de esperar, dispôs do controlo da posse de bola e desde cedo teve várias oportunidades para inaugurar o marcador, não conseguindo concretizar as oportunidades. A dupla Martínez – Taremi foi quem causou mais perigo na primeira parte, enquanto Diogo Costa assistia, importunado, do outro lado do campo. O avançado ex- Famalicão foi quem, mesmo antes do apito para o intervalo, conseguiu finalmente introduzir a bola dentro das redes adversárias e fê-lo de uma forma bem especial. Na sequência de um canto batido pelo Fabril, o Porto apostou numa jogada de insistência ofensiva concretizada com um cruzamento de Otávio para Toni Martínez, que rematou de pontapé de bicicleta e marcou o seu primeiro golo de sempre com a camisola dos dragões.

Fonte da imagem: Twitter @LigaPTinEN

No segundo tempo, o Fabril continuou a apostar na sua organização entre setores, sendo de destacar ainda que a equipa de João Parreira teve mérito na saída de bola a partir do seu guarda-redes. Os portistas, no entanto, conseguiram dilatar a sua vantagem cinco minutos depois de entrarem em campo. Felipe Anderson descobriu Taremi na grande área do Fabril e fez um passe ao qual o avançado iraniano respondeu com um forte remate que não deu hipóteses de defesa a João Marreiros, guardião dos homens da casa.

Fonte da imagem: Twitter @visaomercado

Até ao fim do encontro, Sérgio Conceição ainda levou a jogo alguns dos jogadores com mais utilização esta época e o FC Porto dispôs de várias oportunidades para dar contornos de goleada à sua vitória mas alguma falta de eficácia portista ditou que o resultado final se ficasse por dois a zero.

O FC Porto segue em frente na prova- rainha do futebol português, ficando o Fabril do Barreiro pelo caminho. O próximo encontro dos portistas será a contar para a Liga dos Campeões, onde o campeão nacional vai enfrentar o Marselha na próxima quarta-feira na quarta jornada da fase de grupos da liga milionária.

Fonte da imagem de capa: Twitter @FCPorto

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.