Quem te viu e quem te vê… Adrien Silva

Começou a dar toques na bola nos escalões dos leões e desde aí foi crescendo e ganhando destaque e caminhando para a equipa principal, teve o pico da sua carreira ao serviço do Sporting e sai em 2016/2017 para o Leicester. Já foi Campeão Europeu e há mais de três anos que não marca um golo ao serviço dos emblemas pelos quais vai passando. Esta semana falamos de,  Adrien Silva. 

Nasceu em França e adquiriu a dupla nacionalidade, começou a dar os primeiros toques na bola ao serviço do Girondis de Bordeaux, em 2000 mudou-se para Portugal e vestiu a camisola da Associação Recreativa e Cultural de Paçô mas o seu talento depressa o destacou e apresentou-se com a camisola da formação leonina na época de 2002/2003. Os Juniores C foram a primeira experiência com o emblema do Sporting Clube de Portugal, mas sempre foi subindo e em 2007 acabou por se estrear na equipa principal dos leões, com apenas 18 anos. Jogou na equipa principal entre as épocas dos anos de 2007/2008 e 2009/2010. Em 2010 seguiu para Israel a fim de jogar no Maccabi Haifa a título de empréstimo pelo Sporting. Voltou novamente para território luso e foi emprestado a um velho conhecido da Primeira Liga Portuguesa, a Associação Académica de Coimbra, vestindo a camisola dos estudantes durante duas épocas, onde fez 45 jogos e apontou 9 golos. Regressou a Lisboa em 2012 e por lá ficou até 2017 a capitanear a equipa e a comandar o meio campo do Sporting, onde realizou 183 partidas e apontou 38 golos.

Em 2017, com um Europeu no bolso conquistado ao serviço da Seleção Nacional, o médio foi alvo de uma transferência polémica para o Leicester por 29,5 milhões de euros, pois esta foi uma transferência atrasada e cuja inscrição do jogador acabou por não ser aceite pela FIFA por 14 segundos de atraso, no último dia de mercado de transferências. Esta adversidade, deixou Adrien sem atuar até Janeiro de 2018 o que lhe causou uma quebra de ritmo. Ao serviço do clube inglês o médio, pelo qual assinou até 2021, Adrien não teve uma passagem feliz, onde não fez render ao Leicester o dinheiro pago por ele. Ao serviço dos The Foxes, o médio realizou 22 jogos e não apontou nenhum tento. Depois da passagem por terras de Sua Majestade foi emprestado para a equipa das terras do Príncipe Alberto, no Mónaco por empréstimo dos ingleses. Com a quebra de rendimento que sofreu em 2018, a sua carreira teve repercussões gigantes que se fizeram sentir ao serviço dos Les Rouge et Blanc, realizando 40 jogos e zero golos.

Atualmente, Adrien encontra-se na Série A, ao serviço do Sampdoria, onde chegou a custo zero. Até agora o médio realizou 7 jogos e não apontou nenhum golo ao serviço dos Blucerchiati.

Fonte da Imagem: Twitter PlaymakerStats

Emanuel Brasil

Nasci na cidade mais alta de Portugal e foi aqui que comecei a dar os primeiros toques no mundo da bola e a acompanhar os mesmos com a escrita que dá brilho ao jogo fora das quatro linhas. Com a bola de um lado e a caneta do outro, acabei por me licenciar em Ciências da Comunicação na UBI e onde tiro agora, o mestrado em jornalismo.