Bruno Fernandes é o Jogador do Mês de novembro do Man. United

Bruno Fernandes continua a colecionar distinções desde que chegou aos red devils. O médio foi nomeado o melhor jogador do clube inglês no mês de novembro, após ter apontado seis golos e duas assistências no período em questão. É a quinta vez que Bruno vence o prémio desde que assinou pelo Man. United.

Fevereiro, março, junho, agosto e agora novembro. Bruno Fernandes foi eleito o Jogador do Mês em todos estes meses, acumulando cinco honras. O médio afirmou-se como um titular indiscutível desde a sua chegada a Old Trafford e o mês passado não foi exceção, com Fernandes a ter sido totalista nas escolhas de Ole Gunnar Solskjær em todos os encontros dos diabos vermelhos, decisão essa que o jogador retribuiu com seis golos e duas assistências.

Para a Premier League, em novembro, Bruno Fernandes bisou e assistiu para golo na vitória do Man. United frente ao Everton (1-3), marcou de novo no triunfo frente ao West Brom (1-0) e apontou ainda mais um tento e uma assistência na vitória dos red devils no terreno do Southampton (2-3), enquanto que, na Champions League, apontou novo bis, desta vez diante dos turcos do Basaksehir.

Na presente época, Bruno Fernandes conta com 15 partidas disputadas e um total de dez golos apontados com a camisola do Manchester United e é um dos jogadores mais aplaudidos pela massa adepta do clube inglês. É de salientar que o médio ofensivo, desde o seu primeiro jogo pelo Man. United, é o jogador com mais contribuições para golo em toda a Premier League, tendo participado diretamente em 36 tentos até ao momento no clube inglês.

Fonte da imagem de capa: Twitter @ManUtd

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.