FC Porto recebe e vence Tondela em jogo entusiasmante

O Porto recebeu hoje o Tondela no estádio do Dragão, em jogo a contar para a 9ª jornada. O FC Porto não pode contar com Pepe e Corona começou o jogo no banco. Do lado do Tondela, Salvador Agra foi baixa de peso para o clube do distrito de Viseu, estando suspenso depois de ter sido expulso frente ao Vitória.

Onze do Porto: Marchesín, Zaidu, Sarr, Mbemba, Manafá, Otávio, Uribe, Sérgio Oliveira, Luís Diaz, Taremi e Marega

Onze do Tondela: Niassé, Medioub, Yohan Tavares, Enzo Martínez, Felipe Ferreira, Tiago Almeida, João Pedro, Grau, Pedro Augusto, Rafael Barbosa e Mario Gonzalez.

O jogo começou de forma alucinante, com o Porto a adiantar-se no marcador logo ao minuto 4, depois de um contra-ataque rápido pelo lado direito. Taremi cruzou rasteiro para o meio, onde Otávio recebeu e tocou para o isolado Zaidu, que só teve de finalizar cara-a-cara com o guarda-redes. Estava feito o 1-0 para o Porto.

O Porto disfrutava de grande parte da posse de bola e de mais remates, mas foi mesmo o Tondela que marcou. Ao minuto 20 do primeiro tempo, uma recuperação de bola no meio campo portista embalou o Tondela para um contra ataque rápido. Uma grande combinação entre Rafael Barbosa e Mario González deixou o espanhol isolado, finalizando com qualidade frente a frente com Marchesín. González empatava a partida, 1-1.

E seria o Tondela a ficar na frente do marcador, completamente contra a maré. Um cruzamento rasteiro do central Enzo Martínez atravessou a área do Porto inteira, aparecendo Rafael Barbosa ao segundo poste para finalizar. Marchesín ainda tocou na bola mas acabou por ser insuficiente para impedir o golo, 1-2.

Três minutos depois, o jogo teria mais um golo. Aos 36 minutos, Marega aproveitou uma bola perdida na área depois de um canto. O maliano virou e rematou para o fundo das redes da baliza tondelense. O jogo iria, assim, empatado a dois para o intervalo. O Porto teve o domínio estatístico desta primeira parte, mas a eficácia do Tondela foi bastante elevada: três remates, dois golos.

A segunda parte começou e os golos também. Marega recebeu um cruzamento rasteiro da direita, controlou a bola e atirou para o fundo das redes. 3-2 aos 47 minutos.

O domínio e arranque fulminante do Porto continuava e a vantagem iria aumentar. Taremi respondeu de forma perfeita a um cruzamento vindo da esquerda, rematando de primeira para o fundo da baliza aos 56 minutos de jogo.

O Tondela iria ainda reduzir para 4-3 aos 74 minutos. Mario González bisava na partida depois de finalizar de cabeça um cruzamento vindo da ala esquerda.

O jogo acabava assim com uma vitória difícil do Porto frente a um Tondela bastante destemido e atrevido. 4-3 foi o resultado final de grande jogo de futebol onde o Porto dominou a posse de bola e criou bastantes mais oportunidades.

 

Foto de capa: Twitter oficial do FC Porto