Lucien Favre despede-se do Dortmund um dia depois de sofrer goleada pesada

O Borussia Dortmund foi goleado em casa pelo Estugarda no dia de ontem por um pesado resultado de cinco a um, uma derrota na Bundesliga que terá sido a gota de água para a direção do clube que, menos de 24 horas depois do encontro, anunciou que chegou a acordo para a saída de Lucien Favre.

O técnico suíço de 63 anos assumiu o cargo de treinador da turma de Raphaël Guerreiro na época 2018/19, após ter orientado os franceses do Nice e levou o emblema aurinegro a dois segundos lugares consecutivos na Bundesliga, tendo ainda conquistado a Supertaça alemã na época passada.

Lucien Favre não resistiu ao começo desanimador do clube a nível interno, tendo atingido seis vitórias, um empate e quatro derrotas, a última particularmente pesada, nos 11 encontros que liderou na presente edição do campeonato germânico. Menos de 24 horas depois do desaire frente ao Estugarda, o técnico está de saída do Signal Iduna Park e já existe um substituto confirmado. O clube, no mesmo comunicado em que anunciou a saída do técnico, confirmou que será Edin Terzic, que até ao momento exercia funções de treinador-adjunto, a orientar os trabalhos da equipa principal até ao final da época.

O Borussia Dortmund ocupa atualmente o quinto lugar da Bundesliga com 19 pontos acumulados, estando a cinco pontos de distância dos líderes Bayern de Munique e RB Leipzig. Na Liga dos Campeões, a equipa alemã está apurada para os oitavos de final da prova, tendo terminado no primeiro posto do seu grupo. O seu próximo encontro vai ter lugar na próxima terça-feira, dia 15 e será frente ao Werden Bremen, a contar para a 12ª jornada do campeonato.

Fonte da imagem de capa: Twitter @CuriosidadesEU

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.