Dragões conquistam Guimarães ao cair do pano

O FC Porto foi hoje, terça-feira, à cidade berço bater o Vitória de Guimarães por três bolas a duas num jogo escaldante a contar para a 11ª jornada da Liga.

Para o embate, João Henriques decidiu levar a jogo Bruno Varela, Sacko, Jorge Fernandes, Mumin, Mensah, André André, Pepelu, André Almeida, Rochinha, Quaresma e Estupinan. Não pôde contar com os lesionados Agu, Amoah, Mascarenhas, Ouattara e Wakaso.

Já Sérgio Conceição decidiu efetuar duas trocas em relação ao onze que defrontou o Benfica para a Supertaça, com as entradas de Diogo Leite pelo lesionado Mbemba e Romário Baró pelo castigado Otávio.

Numa primeira parte bastante desequilibrada, foi o Vitória de Guimarães que inaugurou o marcador no D. Afonso Henriques. Após um mau passe de Uribe, Rochinha conseguiu recuperar a bola e com um remate de longe a desviar em Diogo Leite, atraiçoando Marchesín, fez o primeiro golo da partida. O FC Porto não baixou os braços e continuou a manter pressão sobre a equipa de Guimarães durante o resto da primeira parte. Aos 42 minutos, depois de um grande passe a rasgar a defesa por intermédio de Sérgio Oliveira, Marega assistiu Taremi que só teve de encostar para fazer a igualdade no marcador.

A segunda parte ficou marcada por um jogo mais vivo, com três golos, e foi mesmo o Vitória que assumiu de novo a liderança no marcador. Aos 63 minutos, após um excelente trabalho na ala direita por parte de Ricardo Quaresma, o português cruza para o coração da área e Estupinan apontou o segundo golo dos Conquistadores. A resposta do Porto não tardou e no minuto 65 Taremi a bisa na partida com assistência de Luís Díaz. Depois da assistência, Luís Díaz no minuto 80, após um alívio incompleto por parte da defesa do Vitória, faz uma receção espetacular e remata colocado no canto inferior esquerdo da baliza de Bruno Varela, completando assim a reviravolta dos azuis e brancos.

O FC Porto acaba assim o ano na 3ª posição da tabela com 25 pontos – menos dois do que o 2º classificado Benfica e menos 4 do que o 1º classificado Sporting.

Fonte da imagem de destaque: Twitter oficial do FC Porto