Ricardo Sá Pinto abandona Vasco da Gama

Treinador deixa o clube dois meses e meio depois da sua chegada.

Esta terça-feira à tarde, o CR Vasco da Gama anunciou a saída de Ricardo Sá Pinto através de um comunicado publicado nos seus meios de comunicação oficiais, no qual informam ainda que os funcionários Rui Mota, Miguel Moreira, Igor Dias e André Mazzuco também abandonam o emblema brasileiro.

Alegadamente, o português colocou o seu lugar à disposição e chegou a um acordo para a rescisão do seu contrato. O antigo jogador tomou esta decisão uma vez que não se sentia em condições para chegar ao grande objetivo da equipa: a permanência no Brasileirão.

Existem várias razões explicativas da posição tomada pelo técnico. Talvez a mais evidente seja a grave crise financeira pela qual os cariocas estão a passar, não tendo a equipa técnica recebido qualquer ordenado desde a sua contratação e com vários jogadores com meses de salário em atraso.

A própria chefia do clube vive tempos muito instáveis, com um processo eleitoral contestado que se tem vindo a arrastar ao longo de vários meses e que ainda está em aberto e com uma nova direção eleita a pressionar a direção ainda em funções.

Esta turbulência refletiu-se também no comportamento dos adeptos, já que uma claque chegou a invadir um treino da equipa do Rio de Janeiro antes de uma partida contra o Fluminense.

Para além de todos estes fatores, o plantel foi também bastante desfalcado por um surto de Covid-19, que chegou a infetar o próprio Sá Pinto, diversas lesões e ainda a saída de alguns jogadores importantes, nomeadamente Martín Benítez, craque que vai deixar a equipa no fim do ano.

Assim, o português despede-se do Vasco da Gama após 15 jogos, tendo registado três vitórias, seis empates e seis derrotas, a última na casa do Athletico Paranaense por 0-3, e deixa a equipa na 17ª posição da Série A, primeiro lugar da zona de despromoção (embora tenha um jogo a menos e, caso o vencesse, subiria para 13º).

O clube brasileiro vai agora conhecer o quarto treinador no espaço de tempo de apenas seis meses, após Ramon Menezes, Alexandre Grasseli e Sá Pinto terem sido despedidos. Zé Ricardo é o novo nome apontado ao comando técnico.

 

Confira o comunicado na íntegra: 

“O Club de Regatas Vasco da Gama comunica que Ricardo Sá Pinto não é o mais o técnico da equipe profissional. Junto com ele, deixam o Clube o auxiliar técnico Rui Mota, o preparador físico Miguel Moreira, o analista de desempenho Igor Dias e o Diretor de Futebol André Mazzuco.

A decisão de reformular a comissão técnica foi tomada após entendimento entre o Presidente da Diretoria Administrativa, Alexandre Campello, o Vice de Futebol, José Luiz Moreira, e o próximo presidente da Diretoria Administrativa, Jorge Salgado.

– Tomei a decisão de fazer a mudança na comissão técnica a partir também de um entendimento com o Vice de Futebol e com o novo Presidente, já que só estarei no cargo por mais aproximadamente 20 dias. Um novo treinador será anunciado em breve – disse o Presidente Alexandre Campello.”

 

Fonte da Imagem: Twitter @crvgestatistica

Simão Vitorino

Nasci e cresci em Vila Franca de Xira e estou atualmente a tirar uma licenciatura em Ciências da Comunicação na faculdade NOVA FCSH com o objetivo de me tornar jornalista desportivo no futuro, profissão que une duas grandes paixões minhas - o futebol e a escrita.