Frank Lampard é despedido do comando do Chelsea

Cerca de um ano e meio depois de ter assumido o cargo de treinador principal do Chelsea, Frank Lampard foi despedido pelo clube. O técnico dos blues não resistiu à inconsistência dos resultados da sua equipa e deixa o emblema londrino no nono posto da Premier League, a 11 pontos de distância do líder, Manchester United.

O emblema de Stamford Bridge informou a rescisão do contrato de Lampard na manhã de hoje, dia 25 de janeiro, a partir de um comunicado nas suas redes sociais. No post, o clube admitiu que não foi uma decisão fácil, mas que o trabalho do jovem técnico ficou aquém das expetativas, justificando ainda que a sua saída se deveu à falta de “um caminho claro para uma melhoria sustentada”.

Roman Abrahamovic, presidente do Chelsea, também sentiu a necessidade de abordar a despedida de Lampard que, em jogador, se estabeleceu como uma lenda do clube. “Esta foi uma decisão muito difícil para o clube, até porque tenho uma excelente relação pessoal com Frank e tenho o maior respeito por ele. É um homem de grande integridade e tem a mais elevada ética de trabalho. No entanto, nas atuais circunstâncias, acreditamos que é melhor mudar de treinador”, assumiu o russo.

A imprensa inglesa já nomeou um nome quase garantido para vir a suceder ao inglês: Thomas Tuchel. O alemão é um nome livre no mercado desde o final do mês de dezembro do ano passado, em que foi despedido do comando técnico do PSG e será quem, ao que tudo indica, assumirá o cargo de próximo treinador dos blues.

Lampard despede-se assim do Chelsea após ter orientado um total de 84 jogos no clube, registando 44 vitórias. O emblema de Londres volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, dia 27 de janeiro, para enfrentar o Wolves em casa, numa partida a contar para a 20ª jornada da Premier League.

Fonte da imagem de capa: Twitter @geglobo

 

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.