16 anos depois, Hulk está de volta ao Brasil

Chegou ao fim uma novela que aqueceu o mercado de inverno. Hulk esteve dividido entre um regresso ao FC Porto e ao seu país e agora confirmou-se a sua decisão final. O extremo está de volta ao Brasil pela porta do Atlético Mineiro, que confirmou a sua chegada ontem, dia 29 de janeiro.

O internacional brasileiro, que era um jogador livre desde o final de dezembro após deixar os chineses do Shangai SIPG, vai ficar vinculado até 2022 com o emblema de Belo Horizonte. A sua apresentação, segundo o reportado, será efetuada nos próximos dias, mal os seus exames médicos fiquem completos.

O Atlético Mineiro, orientado por Jorge Sampaoli, é o quarto classificado do Brasileirão com 57 pontos, estando a cinco pontos de distância do líder, o Internacional de Porto Alegre. A possibilidade do Galo conquistar o campeonato ainda é bem real, o que terá sido um dos motivos que convenceu Hulk a ingressar no projeto do emblema.

O jogador de 34 anos já veio explicar nas suas redes sociais o motivo que o fez assinar pelo Atlético. “O Atlético Mineiro deu-me a oportunidade de voltar a jogar no meu país depois de tanto tempo. Um clube com uma das melhores estruturas do mundo. Com um projeto fantástico. Uma torcida apaixonada e vibrante que abraça seus ídolos”, enumerou o ex-Porto, que prometeu ainda “muitos golos, muita raça, muita vontade de vencer” e que veio “para ser campeão”.

16 anos depois, Hulk regressa desta forma ao Brasil após ter deixado o Vitória em 2005 para ingressar nos japoneses do Kawasaki Frontale. O Atlético Mineiro será o oitavo clube da carreira do possante extremo, que terminou um percurso de cinco anos com as cores do Shangai SIPG no final do ano passado em que, no total, apontou 77 golos em 154 jogos.

Fonte da imagem de capa: noticiasaominuto.com

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.