Golo madrugador dos villans agudiza crise de resultados do Arsenal

O Arsenal viajou hoje até Villa Park para defrontar o Aston Villa numa partida a contar para a 23ª jornada da Premier League. O jogo terminou com uma vitória dos homens da casa por um a zero, após um erro madrugador de Cédric Soares ter estado na origem de um golo de Ollie Watkins.

Ainda nem os jogadores tinham tido tempo para começar a suar e já o Arsenal se encontrava a perder. Aos dois minutos de jogo, Cédric Soares (jogou na posição de lateral esquerdo) mediu mal um passe que era suposto ter chegado a Gabriel Magalhães e quem agradeceu foi Bertrand Traoré. O veloz extremo do Aston Villa apanhou a bola, partiu em velocidade pelo flanco e serviu Watkins, que se encontrava no coração da área gunner e não teve qualquer problema em bater Mathew Ryan e inaugurar o marcador, que já não haveria mais de se alterar.

Apesar da vantagem, o Aston Villa, que tem vindo a protagonizar uma época surpreendente, continuou a dispôr de mais ocasiões para dilatar a sua vantagem, enquanto que o Arsenal mostrava uma inconsistência nos seus momentos de jogo que já tem sido recorrente ao longo da temporada, havendo apenas um destaque para um livre direto batido por Granit Xhaka que obrigou ao guardião dos villans, Emiliano Martínez, a uma espantosa defesa.

Fonte da imagem: Twitter @emimartinezz1

Mikel Arteta ainda levou a jogo nomes consagrados como Aubameyang, Martin Ødegaard (entrou para o lugar de Cédric aos 65´) e Willian, que conseguiram oferecer uma maior fluidez ao ataque londrino, mas a decisão no último terço continuou a falhar e levou mesmo a que o Arsenal acabasse por somar a segunda derrota consecutiva para o campeonato.

O Arsenal viu desta forma o Aston Villa distanciar-se na tabela classificativa, ficando com mais quatro pontos do que os 31 que o conjunto gunner soma até ao momento. Décimo classificado na Premier League, o Arsenal continua mergulhado numa crise de resultados e a luz ao fundo do túnel ainda parece distante, isto porque os ingleses passaram a ter um saldo oficialmente negativo no campeonato, com mais derrotas sofridas do que vitórias (nove triunfos, dez desaires).

Fonte da imagem de capa: Twitter @EzriKonsa

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.