Sporting vence o Portimonense, mais líder à condição

Neste sábado bastante chuvoso, o Sporting e o Portimonense defrontaram-se pela 38ª vez, num confronto que conta com 27 vitórias dos leões contra seis triunfos dos algarvios. Estatisticamente, em casa, a equipa de Alvalade nunca perdeu frente ao Portimonense. 

Com a melhor defesa do campeonato, e com o segundo melhor ataque (apenas o Porto está à frente com mais 3 golos marcados), a equipa de Ruben Amorim entrou em campo com: Adan na baliza, no trio defensivo Coates, Feddal e Gonçalo Inácio. Nas laterais Pedro Porro e Nuno Mendes, e no centro João Mário e João Palhinha, no ataque,   Pedro Gonçalves, Nuno Santos e Tiago Tomás foram os homens escolhidos pelo técnico. Recordando que Paulinho não foi convocado para este jogo devido a lesão.

Os visitantes subiram ao terreno de jogo com Samuel na baliza, Possignolo, Maurício, Moufi e Anzai na defesa. Ao meio campo Henrique, Ewerton, Dener e Willyan, por fim, no ataque, Beto e Aylton.

Os primeiros 20 minutos de jogo foram marcados por uma luta intensa de ambas as equipas ao meio campo, com o relvado bastante molhado a bola ficava difícil de controlar.  Aos 5 minutos de jogo, Nuno Santos poderia ter inaugurado o marcador, mas o guarda redes do Portimonense fez uma bela defesa após o remate rasteiro ao lado esquerdo da baliza.

Dener, aos 18 minutos, a partir de um livre ainda ameaçou as redes leoninas, mas a bola embateu na barreira e saiu por cima.

Ao minuto 27 surgiu o primeiro golo do Sporting, Pote bateu um livre e Feddal, na área (com muita sorte à mistura), colocou a bola no fundo das redes de Samuel. Numa primeira tentativa o guarda redes brasileiro fez uma grande defesa, contudo não conseguiu evitar a recarga do marroquino que fez assim, o seu primeiro golo de leão ao peito.  Estava desfeito o nulo no marcador.

Passado 4 minutos os leões iriam chegar ao segundo golo através de Nuno Santos, após erro incrível da defesa do Portimonense, o jovem avançado introduziu a bola dentro das redes dos algarvios, Samuel nada poderia ter feito para evitar o golo.

O Portimonense não se deixou afetar apesar de estar a perder por 2 a 0, numa primeira tentativa Beto atirou a bola bastante por cima após um grande cruzamento de Henrique pelo flanco esquerdo, falhando assim, numa forma escandalosa o que poderia ter sido o primeiro golo do Portimonense. Logo de seguida os algarvios iriam mesmo introduzir a bola nas redes de Adan. Dener apareceu bem e conseguiu desviar a bola para o fundo da baliza, contudo estava fora de jogo.

As más notícias ainda iriam ser mais para Paulo Sérgio, Ewerton Pereira lesionou-se e teve de ser substituído aos 43 minutos, entrou Luquinha para o seu lugar.

A primeira parte acabou com variadíssimas tentativas do Portimonense para chegar à área adversária contudo os defesas dos leões estavam a anular qualquer tentativa dos homens algarvios.

A primeira metade da segunda parte foi marcada pelo controlo do jogo da equipa da casa, estando a ganhar por 2 a 0, o objetivo do primeiro classificado do campeonato era guardar a bola e controlar o jogo. O Portimonense foi também avançando no terreno tentando chegar ao seu primeiro golo.

Notas para Lucas Possignolo, ao minuto 67 o jogador através de um livre cabeceou por cima da baliza do espanhol Adan, Pedro Gonçalves ao minuto 71 atirou ao lado da baliza criando bastante perigo. Adan ainda fez uma grande defesa ao antecipar-se a Salmani na sua área e salvou o que parecia ser golo certo do Portimonense. No minuto 74 Pedro Gonçalves fez um grande remate fora de área e grande defesa de Samuel.

Entraram no decorrer da segunda parte, Salmani para o lugar de Henrique, Jovane Cabral para o lugar de Tiago Tomás e Tabata, que encontra a sua antiga equipa, para o lugar de Nuno Santos (que estava em risco de ver o 5º amarelo).

No minuto 79 Jovane ameaçou o terceiro golo, após uma jogada estonteante da equipa leonina, o extremo fez um remate para mais uma defesa de Samuel.

Paulo Sérgio ao minuto 84 fez novamente substituições, entrou Bruno Moreira para o lugar de Willyan Rocha e Poha para o lugar de Anzai.

Ruben Amorim em resposta fez sair João Palhinha para a entrada de Matheus Nunes e Daniel Bragança Para o lugar de Pedro Gonçalves.

Detalhe para a chuva que não para de cair, o relvado aguentou-se muito bem durante toda a partida mas está a ficar bastante pesado, sendo difícil a bola rolar e os jogadores domina-la.

A equipa leonina soma assim a 17ª vitoria em 20 jogos realizados, demostrando assim a qualidade de jogo dos homens de Amorim. Os leões somam assim 54 pontos na tabela, o Portimonense fica na 13ª posição somando 19 pontos.

A equipa de Alvalade irá deslocar-se ao estádio do Dragão na próxima jornada e os algarvios irão receber o Marítimo.

 

Créditos da imagem de capa: sportskeeda.com

João Simões

Desde pequeno que sempre me incutiram um grande amor e gosto pelo “Desporto Rei”. Comecei a dar uns toques em pequeno mas agora dedico-me arduamente a seguir e a acompanhar o futebol, com um olho na bola e o outro no papel, acabei por me licenciar em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior e atualmente estou no Mestrado de Jornalismo. Que este amor pelo FUTEBOL nunca morra.