Crónica: SL Benfica vs Rio Ave FC – SL Benfica vence mas não convence

No penúltimo jogo da 21ª jornada a equipa de Jorge Jesus precisava de uma vitória para dar um pontapé na crise que se vinha a desenrolar no Estádio da Luz, enquanto que o Rio Ave procurava um resultado que os ajudasse na corrida pela manutenção.

A equipa de Jorge Jesus apresentou-se no seu sistema habitual no que toca a jogos para a liga, mas com seis mudanças em relação ao jogo em Faro, enquanto que o conjunto de Miguel Cardoso apresentou-se com os mesmos onze que jogaram em Vila do Conde frente ao Famalicão.

Os 10 primeiros minutos de jogo foram caracterizados por posse de bola inconsequente por parte dos encarnados, até ao minuto 11, quando Everton, após uma diagonal para a direita, remata em arco à baliza vila-condense, acertando assim onde a coruja dorme, criando o primeiro sinal de perigo no jogo.

Apesar deste aviso pelo extremo brasileiro, foi o Rio Ave que criou mais perigo no resto da 1ª parte, primeiro aos 21 minutos por Gelson Dala e depois aos 41 por Francisco Geraldes, que forçou Helton Leite a uma grande defesa para canto. Mais uma vez, parecia que não seria desta que o Benfica iria voltar às vitórias na Liga.

Começou a segunda parte, e com isso veio uma avalanche, apesar de não muito eficaz, por parte do Benfica. E, aos 59 minutos, após uma boa transição ofensiva, Grimaldo deu para Everton que conseguiu dar ao lado para Seferovic, que atirou a contar, marcando assim pela nona vez esta época na Liga NOS. O lance ainda foi ao VAR por possível fora de jogo, mas o suíço encontrava-se sete centrímetros atrás do último defesa, validando assim o primeiro do Benfica.

E 19 minutos depois foi Pizzi, que aos 78 minutos,  de fora da área, fuzilou a baliza de Kieszek, dando assim o 2-0 aos encarnados, matando o jogo e deixando o guarda redes polaco um pouco mal na figura.

Ambas as equipas pareciam incapazes ou sem vontade de mudar o resultado daquilo que foi um jogo pobre, dando apenas nota de uma oportunidade aos 89 minutos onde Pizzi poderia ter feito o segundo, mas falhou por pouco.

O árbitro apitou e a bola parou de rolar naquilo que foi uma exibição paupérrima por parte do conjunto vila-condense, que acabou por facilitar o trabalho a uma equipa de Jorge Jesus que também foi incapaz de brilhar em campo. O SL Benfica aproxima-se assim da luta por uma entrada direta na Liga Dos Campeões 2021/2022, que aparenta ser o seu maior objetivo até ao final da época.

Fonte da imagem: twitter.com/RioAve_FC