Luiz Phellype poderá regressar hoje aos relvados

Há mais de um ano que Luiz Phellype se encontra afastado das opções do Sporting devido a uma lesão grave no joelho mas a espera do jogador para regressar aos relvados poderá terminar já hoje. O avançado brasileiro está totalmente recuperado e é uma opção para o encontro da equipa secundária dos leões para o encontro frente ao Olímpico do Montijo, a contar para o CPP.

Foi no dia 27 de janeiro de 2020 que Luiz Phellype foi obrigado a sair de campo após sofrer uma lesão grave no joelho diante do Marítimo. O problema físico levou a uma paragem prolongada para o brasileiro de 27 anos que apenas chegou agora ao seu fim. A principal preocupação da equipa médica de Alvalade prende-se com evitar uma nova lesão caso o esforço físico seja demasiado alto e, desta forma, o regresso aos relvados de Luiz Phellype tem sido adiado até que o cenário ideal surja.

O encontro do Sporting B diante do Olímpico do Montijo, que terá lugar hoje, às 20h30, na Academia de Alvalade é a solução encontrada, isto porque o relvado do terreno é natural, ao contrário dos últimos relvados onde a equipa secundária dos leões atuou, que eram sintéticos e mais propícios a lesões. O avançado é uma opção para o encontro e poderá assim ter uma oportunidade de recuperar os índices físicos necessários para uma futura inclusão na equipa principal, mais de um ano depois de ter alinhado num jogo da Liga NOS pela turma verde e branca.

Luiz Phellype poderá assim estar à beira de se estrear com a camisola do Sporting na presente temporada, após ter apontado nove golos em 26 jogos disputados pela turma de Alvalade na época passada.

Fonte da imagem de capa: Twitter @MenLeonina1906

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.