Diogo Jota está de volta e anuncia: “Posso ser um reforço de inverno”

Quase três meses depois, Diogo Jota voltou a figurar num encontro do Liverpool, após ter estado afastado por lesão. O internacional português, que não conseguiu evitar a derrota da sua equipa frente ao Chelsea, diz que ainda precisa de tempo mas que estará pronto para voltar a poder ajudar os reds na conquista pelos seus objetivos.

O extremo português foi suplente utilizado na derrota do Liverpool frente ao Chelsea na passada quinta-feira (o-1), entrando aos 62 minutos para o lugar de Curtis Jones. Jota, que não entrava nas contas de Klopp há praticamente três meses devido a uma lesão no joelho contraída diante do Midtjylland na Liga dos Campeões, abordou o seu regresso à competição, dizendo-se motivado para ainda salvar o que for possível da época dos reds.

“Estava ansioso por regressar aos relvados. Infelizmente, já estávamos a perder e não consegui fazer nada para ajudar a equipa. É mais um grande desaire na nossa época, mas temos de continuar a lutar porque ainda há tempo. Trabalhei muito durante a lesão, mas nunca é a mesma coisa. Por mais que se trabalhar, nunca será a mesma coisa como jogar um jogo de futebol na Premier League. Preciso de algum tempo, mas penso que estarei pronto”, garantiu o extremo de 24 anos, acrescentando que só necessita de mais tempo de jogo para voltar ao seu melhor nível.

A aura negra em que o Liverpool está mergulhado, com cinco derrotas nos últimos cinco jogos em casa e uma distância de 22 pontos para o líder Manchester City também foi analisada pelo português, que sente que o seu regresso pode vir a ajudar os reds a encontrar o caminho dos triunfos.Acho que posso dar um novo impulso em termos de confiança e também frescura, porque os meus colegas têm jogado muito e lutado pelo clube. Sinto que posso ser como um reforço de inverno. É isso que espero para que possam confiar em mim e ajudá-los no futuro”, assumiu.

Diogo Jota estava a ser um dos grandes destaques do Liverpool na presente temporada até ao momento da sua lesão, que obrigou a uma paragem considerável. Até ao momento, leva 18 jogos e nove golos apontados com a camisola red.

Fonte da imagem de capa: Twitter @AnfieldWatch

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.