Um calvário sem fim: Hazard volta a parar por lesão

Eden Hazard vai voltar a parar por lesão. Zinedine Zidane informou hoje, em conferência de imprensa, que o extremo belga sofreu uma nova lesão muscular e vai falhar a segunda mão dos oitavos de final da Champions League, onde o Real Madrid vai enfrentar a Atalanta.

O técnico merengue, em conferência de imprensa de antevisão ao embate da liga milionária, confirmou a ausência de Hazard frente à Atalanta. “Não está em condições de estar connosco amanhã. Vamos divulgar algo em breve, mas não posso detalhar mais. Essas são coisas que não posso explicar. Não estará lá para amanhã, mas espero que seja pouco”, revelou Zidane, que continuou garantindo que mantém a fé nas capacidades do belga.

“Algo está a acontecer. Ele lesionou-se algumas vezes ao longo da sua carreira e isto é novo para ele. Estamos com ele e queremos que ele esteja bem e que nos ajude. Esperamos que ele esteja connosco em breve. Os nossos fãs têm que esperar. Nós conhecemos o jogador que ele é e todos nós queremos ver o Hazard como ele realmente é. Neste momento, ele não pode fazer o que quer e temos que ser pacientes e esperar”, reiterou o treinador blanco.

O Real Madrid já lançou um comunicado a informar que Hazard sofreu uma lesão muscular no quadril, sendo que não existe uma data prevista para o seu retorno. O extremo regressou ao ativo na semana passada na vitória do Real diante do Elche (2-1), entrando aos 75 minutos para o lugar de Vinícius Júnior, após ter recuperado de uma anterior lesão muscular mas volta agora a ser obrigado a parar, num novo capítulo de um longo calvário de lesões que se iniciou desde a sua chegada à capital espanhola.

Fonte da imagem de capa: Twitter @CuriosidadesEU

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.