Palhinha vê cartão amarelo ser retirado pelo TAD

O recurso apresentado por João Palhinha contra o castigo aplicado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, no jogo frente ao Boavista no dia 26 de janeiro,  já foi julgado pelo Tribunal Arbitral do Desporto.

Segundo avança o jornal A Bola, o acórdão emitido pelo TAD, refere que, “foi anulada a decisão disciplinar sancionatória recorrida, com absolvição do demandante da infração por que foi disciplinarmente sancionado com suspensão de 1 (um) jogo e multa de € 153,00 (cento e cinquenta e três euros)”.

O jogadro do Sporting, recorreu do castigo, onde alegou que existia invalidade da decisão disciplinar por preterição dos direitos de audiência e defesa. Contudo o Tribunal Arbitral julgou esse ponto improcedente mas estes tiveram em conta o colégio arbitral o depoimento do árbitro Fábio Veríssimo sobre o lance em causa, que referiu que “devido ao meu posicionamento no momento da jogada, levou-me a agir disciplinarmente por ter considerado que o jogador do Boavista se encontrava liberto de opositores e preparado para rematar à baliza quando foi empurrado pelo jogador n.º 6 do Sporting. Após visionar as imagens da jogada (ângulo oposto ao meu posicionamento) considero que a mesma não cumpre os critérios para ataque prometedor. Deste modo, a ação disciplinar não foi “adequada.”
O Tribunal Arbitral do Desporto decidiu ainda que todos os custos deste processo ficam ao cargo da Federação Portuguesa de Futebol.

 

Fonte da imagem: Twitter maisfutebol

Emanuel Brasil

Nasci na cidade mais alta de Portugal e foi aqui que comecei a dar os primeiros toques no mundo da bola e a acompanhar os mesmos com a escrita que dá brilho ao jogo fora das quatro linhas. Com a bola de um lado e a caneta do outro, acabei por me licenciar em Ciências da Comunicação na UBI e onde tiro agora, o mestrado em jornalismo.