Leões apresentam projeto “Cidade Sporting”

O Sporting apresentou hoje o projeto “Cidade Sporting”, uma iniciativa de revitalização do espaço envolvente ao Estádio José de Alvalade e pavilhão João Rocha que vai ser inspirada em desporto, arte e tecnologia. 

Segundo informa a turma leonina, a primeira fase do projeto vai ter início em maio e vai incluir a “criação de uma artéria verde, que simulará uma pista de tartan – que o Sporting CP deixou de ter com a demolição do antigo estádio –, que ligará os dois edifícios leoninos”.

A segunda fase está prevista para se iniciar em junho e vai-se traduzir na introdução de um campo de basquetebol e de um parque de skate que serão coloridos com “pinturas de arte urbana, ganhando também uma dimensão cultural e uma atrativa estética adicional” nas imediações do Estádio de Alvalade.

“O campo de basquetebol embora não seja oficialmente de 3×3 – modalidade olímpica a partir deste ano –, está alinhado com o projeto 3×3 BasketArt, promovido pela Federação Portuguesa de Basquetebol (FPB)”, informa o Sporting no seu site.

O projeto “Cidade Sporting” está a ser criado, segundo o clube, em articulação com o Gabinete de Arte Urbana da  Câmara Municipal de Lisboa e com a Junta de Freguesia do Lumiar, estando a designação de Lisboa para Capital Europeia do Desporto em 2021 a ser tida em consideração na iniciativa, que é descrita como “uma espécie de ‘Cidade-Museu’, com o Sporting no seu epicentro, reunindo as vertentes desportiva, cultural e empresarial do clube”.

Fonte da imagem de capa: Twitter @Sporting_CP

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.