Jovem Promessa: Nuno Mendes, mais uma pérola a sair do forno de Alcochete

Na “Jovem Promessa” desta semana, viramos as atenções para Nuno Mendes, mais um diamante a ser lapidado no forno de estrelas de que o Sporting tanto se orgulha, a Academia de Alcochete. Recentemente internacional português, o lateral esquerdo de 18 anos está debaixo do olhar atento de vários gigantes do futebol e é considerado um dos jovens mais entusiasmantes a atuar nos campeonatos europeus.

Nuno Alexandre Tavares Mendes nasceu no dia 19 de junho de 2002, em Sintra. Deu os seus primeiros no futebol no Despertar, um clube local onde ainda em criança já demonstrava ter uma qualidade acima dos seus demais colegas, despertando a cobiça do Benfica, Sporting e FC Porto. Quem acabou por levar a melhor, como se sabe, foram os leões, se bem que a vinda do jogador, na altura com apenas nove anos de idade, não poderia ter acontecido de uma forma mais peculiar. Num dia em que estava a voltar para casa depois de ter acabado as suas aulas, Nuno Mendes deu conta de que um homem o estava a seguir. Mal deu conta, a criança começou a correr, tentando despistar o seu suposto perseguidor e entrou em casa bastante aflito, pensando que estava ser vítima de uma tentativa de rapto. Momentos depois de chegar a casa, o homem tocou à sua campainha e o jovem descobriu que se tratava de um olheiro do Sporting que estava impressionado com as suas qualidades e que o pretendia trazer para Alcochete, algo que acabou por suceder.

Após completar a sua formação nos escalões inferiores dos leões, a oportunidade de Nuno Mendes, com apenas 17 anos, estrear-se com a equipa principal chegou no dia 12 de junho de 2020, entrando aos 72´minutos numa vitória do Sporting sobre o Paços de Ferreira (1-0) para o lugar de Marcos Acuña. Com a saída do argentino para o Sevilha no final do mercado de verão do ano passado, Nuno Mendes viu esta época como uma janela de oportunidade perfeita para se afirmar na 11 titular de Rúben Amorim e agarrou-a com todo o mérito, relegando o veterano Antunes para o banco de suplentes. Na presente época, o lateral esquerdo é um titular absoluto na turma leonina, tendo acumulado 26 jogos até ao momento e protagonizado várias exibições de excelência que têm sido fundamentais para a notável campanha do Sporting, líder isolado da Liga NOS com dez pontos de vantagem sobre o segundo classificado, com apenas dez jornadas por disputar. O seu primeiro golo oficial chegou logo na terceira jornada do campeonato, tendo inaugurado o marcador na vitória da sua equipa no terreno do Portimonense (o-2).

Fonte da imagem: Twitter @FutbolPortugal

A partir do verão de 2020, Nuno Mendes tornou-se presença assídua nos escalões sub-21 da seleção nacional, onde também conseguiu agarrar a titularidade nas escolhas de Rui Jorge. A chamada de Fernando Santos era uma questão de tempo e acabou mesmo por acontecer. No dia 16 de março, o lateral foi incluído na convocatória do selecionador nacional para os primeiros três jogos da qualificação para o Campeonato do Mundo de 2022 e, aproveitando o facto de Raphaël Guerreiro ter sido dispensado dos trabalhos devido a lesão, o jovem pôde estrear-se como titular numa vitória das Quinas diante do Azerbaijão (1-0) e ainda foi suplente utilizado no empate luso frente á Sérvia (2-2), entrando aos 72 minutos para o lugar de João Cancelo. O lateral podia até ter acumulado a sua primeira assistência com a camisola das Quinas na altura em que, aos 90+3´, cruzou para Cristiano Ronaldo e o madeirense rematou com a bola a passar a linha da baliza adversária, mas o juiz da partida não foi da mesma opinião e, na falta de existência da tecnologia da linha de golo, o tento acabou por ser erradamente invalidado, assim como a anterior assistência do jovem.

Fonte da imagem: Twitter @selecaoportugal

De volta ao panorama dos clubes, Nuno Mendes leva até ao momento um golo e duas assistências em todas as competições pelo Sporting. Um passe para golo foi particularmente decisivo, nomeadamente o que Nuno efetuou para Šporar marcar o primeiro tento da sua equipa nos quartos de final da Taça da Liga diante do Mafra, numa partida que terminou com uma vitória leonina por 2-0. A Taça da Liga é, pois, o primeiro troféu que Nuno Mendes já adicionou ao seu palmarés, sendo que se encontra muito bem encaminhado a também conquistar o tão ambicionado campeonato que escapa ao Sporting há 19 anos.

Nuno Mendes apresenta-se como um lateral muito veloz e que faz uso dos seus cruzamentos tensos para a área para criar o caos na área adversária. Canhoto e com 1,76 cm, o português é bastante ágil, concentrado e apresenta uma maturidade notável para a sua idade, apesar do esquema de três centrais que Amorim adota no Sporting também lhe proporcionar uma segurança adicional, devido a Feddal cobrir o espaço que deixa livre nas suas incursões pelo flanco esquerdo e compensar uma eventual falha defensiva da sua parte. Como o jogador se comportará ao mais alto nível num esquema clássico com dois centrais é uma das perguntas que ainda se coloca quanto ao seu futuro mas, no que toca ao presente, o jovem tem sido uma das grandes estrelas da Liga NOS e está à beira de consolidar o seu contributo para uma época histórica do Sporting.

Nuno Mendes está blindado com uma cláusula de rescisão de 70 milhões de euros

Os tubarões europeus já têm feito chegar o seu interesse junto do promissor lateral, mas caso a sua saída acabe por se confirmar no próximo verão, é garantido que esta contemple a chegada de um autêntico jackpot a Alvalade, isto porque o Sporting garantiu, no final de dezembro de 2020, a renovação de contrato de Nuno Mendes até 2025, que passa ainda a estar blindado com uma cláusula de rescisão de 70 milhões de euros. Visto como o sucessor natural de Raphaël Guerreiro na seleção nacional, é esperado que o lateral de 18 anos seja uma das figuras da próxima geração lusa e, caso dê seguimento à sua evolução e atinja o imenso potencial que lhe é apontado, terá todas as condições para ser um dos próximos grandes laterais esquerdos do futebol mundial.

Fonte da imagem de capa: Twitter @sportingyouth_

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.