James revela que esteve com um pé no Atlético: “O Real Madrid não quis deixar-me sair”

A desfrutar da sua primeira temporada na Premier League com as cores do Everton, James Rodríguez revelou hoje que o seu futuro podia ter passado por uma permanência em Madrid, mas não com as cores do Real.

“No ano passado, no Real Madrid, joguei pouco. Quando decidi sair do Bayern, já tinha algo com outro clube, estava praticamente fechado. Era o Atlético de Madrid, mas o Real Madrid não quis deixar-me sair”, revelou o colombiano em entrevista à ESPN.

O médio de 29 anos admitiu que se sentia preparado para reforçar os colchoneros e que desconhece a razão de Florentino Pérez ter cancelado o negócio. “Falei com Simeone, disse-me que era um jogador super importante, que com ele podia jogar. E eu estava pronto. Perguntem a Florentino Pérez por que não me deixou sair. Essas coisas eu não sei”, referiu.

Acabando por ingressar em Goodison Park na presente temporada, James admitiu ainda que a perspetiva de um regresso às ordens de Carlo Ancelotti foi o grande motivo que o convenceu a aceitar a vinda para o Everton, acrescentando que, se tivesse permanecido no Real Madrid, “não ia jogar muito”.

“Se Carlo Ancelotti não estivesse aqui, eu não teria vindo, digo de coração. Foi ele a razão para vir. Carlo foi fundamental para poder chegar e foi bom para mim no Real Madrid e no Bayern”, declarou o ex-FC Porto.

Fonte da imagem de capa: Twitter @Everton_PT

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.