Nico Gaitán irá abandonar o SC Braga no final desta temporada

Segundo o jornal A Bola, depois de um período de reflexão, a direção bracarense decidiu que não vai acionar a época de opção do contrato do extremo argentino, que termina em junho deste ano. Os constantes problemas físicos apresentados e o valor alto do salário que Gaitán aufere são as principais razões para esta decisão.

Apesar do efeito do extremo na equipa de Carlos Carvalhal cada vez que entra em campo, os problemas físicos não têm deixado o extremo de 33 anos contribuir de forma contínua para a campanha dos arsenalistas,. Este motivo, aliado ao facto do argentino ser o mais bem pago do plantel, auferindo 1,2 milhões de euros brutos por ano forçaram António Salvador e a restante direção a não prolongar o seu contrato por considerarem que não estão a ter o retorno desejado em relação ao investimento feito em agosto passado, para trazer o jogar de volta a Portugal.

Até ao momento, o médio de 33 anos realizou  apenas 14 jogos ao serviço dos arsenalistas, onde demonstrou rasgos da qualidade nomeadamente através de 2 golos decisivos, contra o Porto e contra o Zorya, além de outros apontamentos técnicos que fizeram relembrar os tempos onde brilhava a alto nível no Sl Benfica.

Estes números não foram suficientes para convencer o clube bracarense que já informou o jogador da sua decisão tendo sido entretanto abordado pelo Boca Juniors para um eventual regresso ao clube de onde saiu em 2011 para o futebol europeu e onde reencontraria o seu antigo companheiro de equipa nas águias e amigo, Eduardo Toto Salvio.

 

Fonte da imagem: Facebook Sporting Clube de Braga