Sporting pretende encaixar 20 milhões de euros com jogadores emprestados

A direção do Sporting vê com bons olhos a saída da maioria dos 15 jogadores emprestados.

Sem espaço esta temporada (situação que poderá não mudar em 2021/2022), a direção liderada por Frederico Varandas pretende arranjar uma colocação definitiva para a maior parte destes jogadores:

Abdoulay Diaby – Anderlecht

Andraz Sporar – Sporting de Braga

Bruno Gaspar – Vancouver Whitecaps

Carlos Jatobá – CRB

Eduardo Henrique – Crotone

Filipe Chaby – Académica

Idrissa Doumbia – Huesca

Josip Misic – Dinamo Zagreb

Leonardo Ruiz – Logronés

Mattheus Oliveira – Coritiba

Pedro Mendes – CD Nacional

Rafael Camacho – Rio Ave

Rodrigo Battaglia – Alavés

Tiago Ilori – Lorient

Valentin Rosier – Besiktas

Muitos deles têm uma cláusula de opção de compra associada ao empréstimo. No entanto, face à escassa utilização ou às dificuldades financeiras vividas pelos clubes onde jogam, a saída definitiva para os clubes onde têm estado a atuar pode não ser uma possibilidade para muitos dos jogadores mencionados.

Sporar, Rosier, Battaglia e Misic são os jogadores sob os quais o Sporting deposita mais esperança numa saída no fim da época com valores que façam a soma total chegar aos 20 milhões de euros.

A saída possibilitaria ao Sporting começar a preparar a próxima temporada, reduzindo a massa salarial e permitindo a obtenção de verbas para um reforço da equipa.

Fonte da imagem de capa: IMAGO / GlobalImagens via OneFootball