Paris Saint-Germain derrota Bayern e passa no primeiro teste

O Paris Saint-Germain foi esta quarta-feira a Munique defrontar e derrotar o Bayern por 2-3 num jogo escaldante a contar para a primeira mão dos quartos-de final da Liga dos Campeões.

Para o embate, os ‘Bávaros’ alinharam com Neuer, Pavard, Sule, Alaba, Lucas Hernandéz, Goretzka, Kimmich. Sané, Muller, Coman e Choupo-Moting. Hans-Dieter Flick não pôde contar com os lesionados Douglas Costa, Gnabry, Lewandowski, Roca e Tolisso.

Já os ‘Parisienses’ apostaram em Navas, Diallo, Kimpembe, Marquinhos, Dagba, Gueye, Danilo Pereira, Draxler, Neymar, Dí Maria e Mbappé. O boletim clínico da equipa orientada por Pochettino contou com os lesionados Bernat, Florenzi, Icardi, Kurzawa, Paredes e Verratti.

Previu-se um grande jogo na Allianz Arena e assim se sucedeu. A primeira parte ficou marcada por uma grande eficácia do Paris Saint-Germain e a persistência incansável do Bayern na corrida pela vantagem no marcador. A partida arrancou logo com um golo ao terceiro minuto, após Neymar construir uma bela jogada a partir do corredor central e, ao chegar ao limite da área, a assistir Mbappé para a finalização forte contra Neuer que deixa a bola escapar para dentro da baliza. O segundo golo da equipa francesa chegou por volta do minuto 28 e a sair novamente dos pés de Neymar. O internacional brasileiro, na sequência de um canto do PSG, a efetuar um cruzamento teleguiado para os pés de Marquinhos, que, no cara a cara com Neuer, não cedeu, alargando assim o marcador para 0-2. O Bayern ainda teve a oportunidade para se redimir parcialmente com um golo de Choupo-Moting ao final da primeira metade de jogo. Depois de um cruzamento de Pavard a partir do lado direito do ataque, o avançado camaronês a subir nas alturas e a cabecear para o canto inferior direito da baliza de Keylor Navas, estabelecendo o marcador em 1-2 até ao final da primeira parte.

A segunda parte a não desiludir e a presentear-nos com mais dois golos. O primeiro a chegar à passagem do minuto 60, após um cruzamento perfeito de Kimmich para a cabeça de Muller que cabeceou para o fundo das redes, reestabelecendo a igualdade no jogo. Não demorou muito a resposta do PSG e, ao minuto 68, Mbappé a bisar na partida e a colocar o conjunto ‘Parisiense’ na frente depois de uma transição rápida a partir do corredor direito que só acabou com a bola a entrar no canto inferior direito da baliza de Neuer, selando assim o marcador em 2-3 até ao final do jogo.

O Paris Saint-Germain terá de esperar até dia 13 (segunda mão da eliminatória) para saber se consegue derrotar o gigante alemão e seguir para as meias-finais da Liga dos Campeões, no que promete ser uma partida muita acesa.

Fonte da imagem de destaque: Twitter Oficial do Paris Saint-Germain