Abel Ferreira é expulso e Palmeiras perde a Supercopa do Brasil para o Flamengo

Noite infeliz para Abel Ferreira. O técnico acabou expulso no primeiro tempo do decisivo embate entre o Palmeiras e o Flamengo a contar para a Supercopa do Brasil, que acabou empatado 2-2 em tempo regulamentar, mas onde a sua equipa acabou por sair derrotada no desempate por grandes penalidades.

A partida até começou da melhor forma para os pupilos de Abel Ferreira, que praticamente começaram o jogo a vencer por intermédio de um golo, aos dois minutos, de Raphael Veiga. No entanto, a resposta do Flamengo chegou aos 20´, com Gabigol a fazer das suas e a restaurar a igualdade no marcador. A primeira parte, no entanto, azedou muito rápido para o técnico português, que viu dois cartões amarelos e recebeu ordem de expulsão por parte do árbitro ainda antes de Arrascaeta aplicar a reviravolta ao cair do intervalo através de um remate bem colocado à entrada da área adversária.

Na segunda parte, a crença do Palmeiras na vitória não esmoreceu apesar da desvantagem e, a 15 minutos do final, Rodrigo Caio cometeu uma falta dentro da sua grande área ao puxar a camisola de Roni, surgindo assim a oportunidade Veiga bisar na partida e voltar a empatar o marcador. O médio de 25 anos não desiludiu e, a partir da marca dos 11 metros, levou a melhor sobre Diego Alves. Na compensação dos 90´, ainda houve tempo para o recém-entrado Vitinho ter ficado a uma “unha negra” de vestir a capa de herói para o Mengão, mas Weverton reagiu a tempo e conseguiu impedir que o esférico entrasse mesmo em cima da linha do golo. Terminado o tempo regulamentar, seguiu-se para o desempate nas grandes penalidades.

Nesta etapa, Diego Alves esteve imperial e, apesar de Luís Filipe, Matheuszinho e Pepe não terem conseguido converter as suas oportunidades, o experiente guardião de 35 anos foi decisivo ao defender três penáltis e ainda ver Danilo falhar as suas redes. Com a conquista da SuperCopa nos seus pés, Rodrigo Caio redimiu-se do penálti cometido no tempo regulamentar e selou a conquista do troféu para a sua equipa, que festeja desta forma o seu oitavo título nos últimos dois anos.

Fonte da imagem de capa: Twitter @Flamengo

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.