Man. United leva a melhor sobre Mourinho e distancia-se na vice-liderança da Premier League

O Tottenham foi hoje derrotado em casa pelo Manchester United por 1-3. A turma de José Mourinho ainda começou em vantagem, mas golos de Fred, Cavani e Mason Greenwood consolidaram a reviravolta no marcador e entregaram a vitória aos red devils, que aproveitam assim o desaire do Leicester frente ao West Ham para ganharem terreno na vice-liderança da Premier League.

Antecipava-se uma partida de grande interesse em Londres, não fosse pelo facto de se tratar de um reencontro entre José Mourinho e a sua antiga equipa, mas também devido aos spurs dependerem da sua classificação no campeonato para garantirem o acesso às competições europeias na próxima época. Com Bruno Fernandes de início, até foram os diabos vermelhos os primeiros a festejar um golo após Cavani ter inserido a bola dentro das redes de Lloris ao minuto 35 ´, mas o VAR considerou que McTominay fez falta sobre Son no início do lance e anulou o tento do uruguaio.

O susto acabou por galvanizar os homens da casa que, cinco minutos depois e com o intervalo a bater à porta, inauguraram o marcador, com Son aproveitar uma total desatenção por parte de Wan-Bissaka para aparecer isolado ao segundo poste e concretizar um passe rasteiro de Lucas Moura do outro lado da área. Na vinda para o segundo tempo, o Manchester United tinha de correr atrás do prejuízo e assim o fez. Aos 57´, Fred foi motor e concretizador para garantir a igualdade no marcador e, aos 79´, Cavani voltou a festejar um golo com a diferença que, desta vez, foi a contar. O avançado recebeu um cruzamento a partir da direita por parte de Greenwood e, à ponta de lança, atirou-se de cabeça ao esférico, batendo Lloris no processo e consumando a reviravolta no marcador.

Cavani assinalou o seu oitavo golo com a camisola do Man. United

No sexto minuto da compensação dos 90´, Greenwood ainda selou o terceiro golo da sua equipa, recebendo um passe de Pogba e fazendo um belo trabalho sobre Reguilón, finalizado com um remate colocado ao canto inferior esquerdo da baliza de Lloris, que ainda tocou no esférico mas não conseguiu impedir o tento do jovem avançado inglês.

Com a vitória, o Man. United isola-se ainda mais no segundo posto da Premier League, somando 63 pontos, mais sete do que o Leicester City, terceiro colocado. Já Mourinho soma a sua décima derrota na atual temporada e, consequentemente, adiciona um recorde negativo à sua carreira uma vez que esta é a primeira que o técnico português soma uma dezena de desaires numa edição do campeonato inglês. O Tottenham mantém-se assim no sétimo posto da tabela, com 49 pontos, e atrasa-se na corrida aos lugares europeus, passando a estar a seis pontos de distância do primeiro lugar de acesso à Champions League, ocupado pelo West Ham.

Fonte das imagens: Twitter @premierleague

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.