Gundogan reprova a nova Liga dos Campeões: “Mais e mais jogos, e ninguém pensa nos jogadores?”

O médio alemão afirmou na sua conta do Twitter que é preciso focar a atenção no novo “modelo suíço”, que considera ser “o menor de dois males” em relação à Superliga Europeia.

“Com isto da Superliga, podemos focar a nossa atenção na nova Liga dos Campeões?”. Foi assim que começou o tweet de Ilkay Gundogan, médio alemão do Manchester City. Nesta publicação, o jogador, que vai na sua quinta época nos Cityzens, deixou críticas ao novo modelo da Liga dos Campeões, que entrará em vigor em 2024. Gundogan mostrou-se contra o número de jogos, que vai aumentar para 10 ou 12 na fase de grupos, (dependendo da classificação dos clubes) em vez dos seis atualmente em vigor, uma vez questionando-se: “Ninguém pensa nos jogadores?”

A esta publicação, o médio acrescentou outra em que referiu que o modelo atual é o melhor para fãs e jogadores: “O formato atual funciona perfeitamente e é por isso que esta é a melhor competições de clubes do Mundo – tanto para fãs como para jogadores.”

A UEFA aprovou o novo modelo da Liga dos Campeões na segunda-feira, aquando do anúncio da criação da Superliga Europeia por parte dos 12 clubes envolvidos. O novo modelo vai aumentar a quantidade de equipas participantes para 36 e aumentar o número de jogos antes da fase a eliminar.

 

Fonte da imagem: Twitter de Ilkay Gundogan – @IlkayGuendogan