Jovem Promessas: Jamal Musiala, o futuro do Bayern Munique

Nos últimos anos, muitos têm sido os jovens ingleses que têm apostado numa carreira (ou pelo menos parte dela) fora das terras de sua majestade. E muitos têm sido os clubes alemães que os têm recebido de braços abertos. Jadon Sancho e Jude Bellingham no Borussia Dortmund, Reiss Nelson e Ryan Sessegnon por empréstimo no Hoffenheim, Emile Smith-Rowe esteve emprestado ao RB Leipzig, Demarai Gray em Leverkusen e, a mais recente estrela, e foco deste artigo, Jamal Musiala no Bayern.

Jamal Musiala nasceu a 26 de fevereiro de 2003 (sim, 2003) em Estugarda, na Alemanha. O seu pai tem dupla nacionalidade inglesa e nigeriana, e a sua mãe é alemã. Viveu na Alemanha até aos sete anos, até se mudar para Londres, para representar as equipas jovens do Chelsea. Em 2011 ingressou na academia dos ‘blues’, onde passou grande parte da sua infância.

Esteve em Inglaterra até aos 16 anos, tendo representado as seleções sub-15 e sub-16 inglesas e também a seleção sub-16 alemã. Em 2019, o Bayern Munique decidiu aproveitar-se do seu estatuto de jogador livre para o contratar. Inicialmente esteve na equipa sub-17 dos bávaros mas, após a pandemia, a sua subida à equipa principal aconteceu rapidamente. A 3 de junho de 2020, estreou-se pelo Bayern Munique II, na 3. Liga, e 17 dias depois, estreou-se na Bundesliga, frente ao Friburgo, tornando-se no jogador mais jovem de sempre a jogar na Bundesliga pelo Bayern. Três meses depois, numa vitória por 8-0 frente ao recém despromovido Schalke, tornou-se no mais jovem de sempre a marcar pelo clube alemão, aos 17 anos e 205 dias de vida.

Na época 2020/21, tornou-se um regular da equipa principal, tendo já marcado 7 golos em 37 jogos em todas as competições.

É um ’10’ que pode jogar na ala esquerda e tem dado bastante nas vistas, especialmente com a sua capacidade de drible nos espaços curtos.

Musiala levou a uma luta entre as federações inglesa e alemã pela sua representação, acabando por escolher a seleção campeã do mundo em 2014 ao nível sénior, mesmo depois de ter representado os ingleses ao nível dos sub-21. O jovem de 18 anos já fez a sua estreia pelos alemães, tendo entrado aos 79 minutos num jogo de qualificação para o Mundial 2022, frente à Islândia. Agora com a eventual chegada de Hansi Flick (treinador que o estreou no Bayern) à ‘Die Mannschaft’, é provável que Jamal Musiala também se torne num nome regular na seleção.

 

Imagem: Twitter @ChampionsLeague