Euro 2020 arranca com demonstração de força azzurri

O Europeu 2020 arrancou hoje com um embate entre Turquia e Itália, integrantes do Grupo A. O encontro terminou com uma goleada transalpina por 0-3, após um auto-golo de Demiral e tentos de Immobile e Insigne na segunda parte terem expressado em números o domínio que se assistiu em campo.

A jogar em casa, no Estádio Olímpico de Roma, a Itália desde cedo comprovou o teórico favoritismo que lhe era atribuído. Com especial foco pelo flanco esquerdo, de onde sobressaía o extremo Insigne, a seleção orientada por Roberto Mancini começou a encostar a Turquia no seu setor defensivo, mas a pontaria não começou afinada. O extremo do Napóles foi o primeiro a ameaçar a baliza adversária, mas o remate curvado saiu ao lado. Aos 21´, foi a vez do experiente Chiellini obrigar o guardião Çakir a uma grande defesa, cabeceando uma bola perigosa no seguimento de um canto. Ainda antes do apito para o intervalo, também Immobile tentou o golo de cabeça, mas sem sucesso.

Do outro lado, os turcos limitavam-se a tentar evitar, tanto quanto era possível, o golo transalpino, não demonstrando quaisquer argumentos para causar perigo junto da baliza de Donnarumma. Demiral e Soyuncu faziam o que podiam, mas a avalanche ofensiva adversária fazia prever que o inevitável estaria cada vez mais próximo e o certo é que, aos 53´, chegou. Berardi, pelo lado direito da área, ganhou espaço e cruzou para Immobile, mas quem acabou por, com azar, introduzir a bola dentro das redes turcas foi Demiral, que não conseguiu reagir da melhor forma ao cruzamento do extremo e fez auto-golo. Com o nulo desfeito, a confiança da Itália subiu a pique, passando a equipa a tentar aumentar os números de uma partida visivelmente de sentido único.

Aos 66´, Spinazzola chutou dentro da área adversária e, após o guardião turco defender para a frente, o esférico foi parar aos pés de Immobile, que não se fez rogado e ampliou a vantagem para 0-2. A dez minutos do final, o avançado da Lazio passou de marcador para assistente e serviu Insigne, que fixou os números finais de uma goleada que só peca por escassa, tendo em conta o número de oportunidades que o conjunto azzurri dispôs ao longo dos 90 minutos.

A Itália começa assim o Europeu com o pé direito, somando três pontos e isolando-se, à condição, no primeiro lugar do Grupo A. Os italianos aguardam agora o resultado do País de Gales – Suíça, a ter lugar hoje, às 14h, para saber se partem para a segunda jornada isolados na liderança.

Fonte da imagem de capa: Twitter @azzurri

Alexandre Dionisio

Desde pequeno fui levado ao mundo do futebol, inicialmente enquanto júnior no Ginásio Clube de Alcobaça, clube da minha cidade, e agora mais velho enquanto espetador assíduo do mágico desporto que tanto nos emociona. Com uma licenciatura em Ciências da Comunicação na bagagem e um mestrado em Jornalismo em curso, acompanho cada jogo com a máxima emoção. Que isso nunca mude.